Logo G1
Pernambuco

Governo exclui da PM sargento que matou esposa em casa após ceia de Natal

Em | Da Redação com informações de G1

Atualizado em

Governo exclui da PM sargento que matou esposa em casa após ceia de Natal
Anna Paula Porfírio dos Santos tinha 45 anos e foi morta pelo marido — Foto ReproduçãoInstagram

 

A vítima foi a cabeleireira Anna Paula Porfírio dos Santos, de 45 anos. Ela foi atingida por dois tiros e morreu dentro de casa

A exclusão de Ademir foi oficializada através de uma portaria assinada pela secretária de Defesa Social de Pernambuco, Carla Patrícia Cunha. Antes disso, houve um processo administrativo e ele foi submetido a um Conselho de Disciplina na Corregedoria da SDS.

A portaria foi publicada na edição de terça-feira (28) do Boletim Geral da Secretaria de Defesa Social. A secretária se baseou em um decreto que regulamenta a aplicação do Conselho de Disciplina na PM, especificamente nos casos em que os policiais militares:
tiveram conduta irregular;
tenham praticado ato que afete a honra pessoal ou o decoro da classe.

Relembre o crime

A vítima era casada com o sargento há 20 anos. Juntos, eles tinham uma filha de 12 anos, que estava em casa no momento do crime. Segundo a polícia, Anna Paula e Ademir estavam separados, mas decidiram reatar o relacionamento.

Após uma discussão, o sargento matou a mulher no quarto do casal. Ele foi preso em flagrante pela Polícia Militar. O processo do caso ainda tramita no Tribunal de Justiça de Pernambuco.

Deixe sua opinião

Advertisements
20 - Banner Threads