Brasil

Governo antecipa pagamento de auxílio para caminhoneiro e taxista

Em | Da Redação

Atualizado em

Governo antecipa pagamento de auxílio para caminhoneiro e taxista
(Foto: Thomas Silva/Agência Brasil)

O governo federal antecipou quatro dias do pagamento do auxílio para caminhoneiros e taxistas. O valor de R$ 1 mil, referente à quarta parcela, que seria pago em 22 de outubro passou para o dia 18.

As parcelas de número cinco e seis também foram antecipadas para os dias 19 de novembro e 10 de dezembro, respectivamente. A expectativa é que cerca de 341,5 mil caminhoneiros e 290 mil taxistas tenham acesso ao dinheiro.

O Benefício Emergencial aos Transportadores Autônomos de Carga, conhecido como BEm-Caminhoneiro, começou a ser pago em agosto deste ano – R$ 2 mil, montante equivalente aos meses de julho e agosto. A previsão é a de que o benefício seja pago em seis parcelas de R$ 1 mil, até dezembro de 2022, respeitando o limite global de recursos.

O governo ainda estuda a possibilidade de pagamento de uma parcela extra, referente ao décimo terceiro. Os valores serão depositados por meio de poupança social digital, operacionalizada pela Caixa Econômica Federal, por meio do aplicativo Caixa Tem. Recebendo o montante, o trabalhador deve movimentá-lo em até 90 dias, caso contrário, o valor retornará ao governo federal.

Assim como o incremento no Auxílio Brasil e no vale-gás, o benefício aos caminhoneiros e aos taxistas são apontadas como ações eleitoreiras do governo, que ampliaram em R$ 41,25 bilhões o gasto com programas sociais vigentes e os novos até o fim do ano. Apenas com o auxílio aos caminhoneiros, o governo gastará R$ 5,4 bilhões. A PEC dos Auxílios, como ficou conhecida, foi promulgada pelo Congresso no dia 14 de julho.

*As informações são do Metrópoles.

Deixe sua opinião

Advertisements
20 - Banner Threads