Brasil

Flávio diz que Bolsonaro pode voltar dos EUA ‘daqui a seis meses ou nunca’

Em | Da Redação

Atualizado em

Flávio diz que Bolsonaro pode voltar dos EUA ‘daqui a seis meses ou nunca’

O senador Flávio Bolsonaro (PL-RJ) disse neste sábado, 28, que seu pai, o ex-presidente Jair Bolsonaro, não tem prazo para retornar ao Brasil. Ele afirmou que o ex-presidente deu entrada para renovar o visto de permanência nos Estados Unidos e está “desopilando” após os quatro anos de governo e a derrota para o presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) na última eleição.

“Não tem previsão, ele (Bolsonaro) que sabe. Pode ser amanhã, daqui seis meses, pode não voltar nunca. Não sei. Você nunca tirou férias, não?”, perguntou Flávio. “Ele está desopilando. O cara passou quatro anos tomando porrada, fazendo o melhor pelo Brasil. O cara merece, por tudo que ele fez ao Brasil, estar lá desopilando”, completou.

Bolsonaro embarcou para os Estados Unidos em 30 de dezembro do ano passado, com visto de presidente da República, e não passou a faixa a Lula. De acordo com Flávio, ele deve estar no processo de converter o visto para uma modalidade comum, mas sem estimativa de data para regressar ao Brasil.

Flávio descartou a possibilidade aventada por governistas de que a estadia prolongada de Bolsonaro nos Estados Unidos esteja relacionada ao temor de um cerco judicial que possa levá-lo à prisão por atos durante o governo e a suposta ligação com a invasão golpista às sedes dos três Poderes, no dia 8.

“Não tem temor nenhum porque ele não tem absolutamente nenhuma responsabilidade com o que aconteceu no Brasil. Se ele estivesse sentado na cadeira de presidente, você poderia ter falado: ‘O presidente facilitou alguma coisa. Mas o presidente já não era Bolsonaro”, afirmou.

O senador disse, ainda, que os advogados do PL estão analisando os processos contra Bolsonaro no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) e que, segundo os técnicos do partido, “não há nada juridicamente que o implique”. Flávio observou que o ex-presidente está “tranquilo” porque, “ainda que forçassem muito a barra, não há como vincular Bolsonaro a nenhum ato criminoso”.

O filho 01 do ex-presidente disse não saber com quem Bolsonaro está nos Estados Unidos, uma vez que a ex-primeira-dama Michelle Bolsonaro já voltou ao Brasil. Flávio afirmou, porém, que ele está “com pessoas próximas”.

Deixe sua opinião

Advertisements
20 - Banner Threads