Pernambuco

Filho acusado de matar médico esquartejado é absolvido em júri popular

Julgamento terminou na tarde desta quarta (25), com a absolvição de Danilo Paes.

Em | Da Redação

Atualizado em

Filho acusado de matar médico esquartejado é absolvido em júri popular
Foto de arquivo mostra o médico Denirson Paes, o filho Danilo Paes e a esposa, Jussara Paes — Foto: Reprodução/Facebook

O engenheiro Danilo Paes, de 28 anos, foi absolvido por maioria de votos no júri popular de ter participado do assassinato do seu pai, o advogado e médico cardiologista Denirson Paes, em maio de 2018.

O corpo do médico foi encontrado esquartejado quase dois meses após o crime, em uma cacimba do condomínio de luxo em que ele morava em Aldeia.

O julgamento se encerrou por volta das 16h desta quarta-feira (25), no Fórum de Camaragibe, na Região Metropolitana do Recife (RMR).

O conselho de sentença entendeu que as provas constadas nos autos do processo não foram suficientes para condenar Danilo Paes.

A juíza Marília Falcone foi quem presidiu a sessão, iniciada na manhã desta terça-feira (25).

Danilo também foi interrogado por representantes do Ministério Público de Pernambuco e depois pela defesa. Uma pergunta feita em comum pelos dois lados foi se e havia ouvido alguma discussão entre os pais na madrugada. O réu negou.

Deixe sua opinião

Advertisements
20 - Banner Threads