Brasil

EVITE! Neurocientista aponta 3 alimentos que aceleram o envelhecimento

Especialista elencou três alimentos para você limitar o consumo e retardar o envelhecimento

Em | Da Redação

Atualizado em

EVITE! Neurocientista aponta 3 alimentos que aceleram o envelhecimento
Especialista elencou três alimentos para você limitar o consumo e retardar o envelhecimento

A população mundial está envelhecendo mais rapidamente do que no passado, mas na América Latina e no Caribe essa transição demográfica está ocorrendo de forma ainda mais acelerada. Dado a estatísticas alarmantes esse tema se tornou alvo de estudos e profissionais da saúde como do neurocientista Robert Love, especialista na doença de Alzheimer. O profissional elencou três alimentos populares que podem acelerar o envelhecimento. Esses alimentos são:

Carne de churrasco
O cozimento da carne em altas temperaturas pode levar à formação de produtos de glicação avançada (AGEs), que são compostos que se formam quando proteínas ou gorduras reagem com açúcares. A ingestão excessiva de AGEs tem sido associada à inflamação e ao aumento do risco de doenças crônicas, como diabetes, doenças cardiovasculares e doenças neurodegenerativas.

Em adição, a inflamação do corpo é uma das principais causas do envelhecimento. “Quando as pessoas têm mais inflamação, elas ficam com mais rugas”, explicou Love.

Açúcares refinados
O profissional pontua que três razões principais explicam por que os açúcares refinados colaboram com o envelhecimento. Primeiro, comer açúcar aumenta o ganho de peso e aumenta a inflamação, que é uma das principais causas do envelhecimento. Além disso, seguir uma dieta rica em açúcar refinado aumenta o risco de diabetes tipo 2. “Esse é um importante fator de risco para a doença de Alzheimer”, explicou o neurocientista.

Especialista elencou três alimentos para você limitar o consumo e retardar o envelhecimento

 

Frituras
Alimentos fritos são um “golpe duplo”, segundo o especialista. “Os alimentos fritos costumam ser ricos em carboidratos, o que aumenta o açúcar no sangue e pode aumentar a inflamação. E número dois, os alimentos fritos costumam ser fritos em óleos muito ruins. E esses óleos são inflamatórios”, alertou.

Para minimizar os efeitos prejudiciais das frituras e retardar o processo de envelhecimento, é importante limitar o consumo de alimentos fritos e optar por métodos de preparação mais saudáveis, como assar, cozinhar no vapor, grelhar ou refogar.

Como combater o envelhecimento com alimentação?

Consuma alimentos antioxidantes
O consumo de alimentos coloridos, como mirtilos, morangos, laranjas, maçãs, espinafre, couve e batata-doce é uma ótima opção para adotar no cotidiano. Esses alimentos são ricos em antioxidantes, como vitaminas C e E, que ajudam a neutralizar os radicais livres e protegem as células da pele contra danos.

Aumente o consumo de ácidos graxos ômega-3
Fontes de ômega-3, como peixes gordurosos (salmão, sardinha, atum), sementes de linhaça, chia e nozes, têm propriedades anti-inflamatórias e podem ajudar a reduzir a inflamação na pele, além de promover a saúde cardiovascular e cerebral.

 

Deixe sua opinião

Advertisements
20 - Banner Threads