Pernambuco

Esquema de rachadinha é investigado na Câmara Municipal; Justiça manda afastar servidores

Em | Da Redação

Atualizado em

Esquema de rachadinha é investigado na Câmara Municipal; Justiça manda afastar servidores

Foto: Polícia Civil/Divulgação

Uma operação policial é realizada, nesta terça (20), contra um esquema de rachadinha na Câmara de vereadores de Jaboatão dos Guararapes, no Grande Recife. Segundo a Polícia Civil, a Justiça determinou o afastamento de servidores, sequestro de bens e bloqueio de dinheiro

O esquema de rachadinha é caracterizado pela prática de corrupção envolvendo o repasse de parte dos salários de assessores para o parlamentar ou secretário, a partir de um acordo pré-estabelecido ou como exigência para a função.

A operação Diké foi deflagrada no início da manhã pela Primeira Delegacia de Combate à Corrupção (1ª Deccor).

Ainda segundo a polícia, a ação tem como alvo uma organização envolvida em peculato, crime praticado por servidores públicos para obter vantagem usando o cargo, e lavagem de dinheiro.

Por meio de nota, a polícia informou a Segunda vara da Comarca de Jaboatão expediu dez mandados de busca e apreensão.

As equipes da polícia também cumprem sete ordens judiciais de afastamento de cargo público, sequestro de bens e bloqueio de ativos financeiros. Participam da Operação Diké 60 policiais civis.

Até a última atualização desta reportagem, a polícia ainda não tinha divulgado o balanço da operação nem os nomes dos envolvidos.

Deixe sua opinião

Advertisements
20 - Banner Threads