Entretenimento

Elba Ramalho é recebida com gritos de ‘olê, olê, olá, Lula, Lula’ em show no Recife

Em | Da Redação

Atualizado em

Elba Ramalho é recebida com gritos de ‘olê, olê, olá, Lula, Lula’ em show no Recife

 

Na reta final do show em homenagem a Geraldo Azevedo, o público que lotou o Marco Zero, na primeira noite de Carnaval do Recife, recebeu a cantora Elba Ramalho aos gritos de “olê, olê, olá Lula, Lula.” A cantora, que integra o Grande Encontro com Alceu Valença, demonstrou apoiar Jair Bolsonaro, do PL.

Ao lado de Elba, Fafá de Belém “fazia o L”, em apoio a Luiz Inácio Lula da Silva, do PT.

Na plateia, muitas pessoas compareceram ao Marco Zero vestindo vermelho e com camisas de movimentos sociais, em notória tranquilidade. Ao lado de Azevedo e Valença, Ramalho cantou os sucessos, como “Táxi Lunar” e “Frevo Mulher”.

Geraldo Azevedo foi torturado durante a ditadura militar. Em 1969, os militares invadiram o apartamento onde morava com sua mulher, Vitória, e um casal de amigos. Todos foram presos, Azevedo sofreu as primeiras sessões de tortura. Em 1975, o cantor voltou a ser preso e torturado. Encapuzado e nu, ele era obrigado a tocar para os próprios torturadores.

Depois de dois anos sem Carnaval, o Recife abriu oficialmente, nesta sexta-feira, a festa deste ano. O Marco Zero é o principal palco dos shows da capital pernambucana, e receberá nomes como Pabllo Vittar, Nando Reis e João Gomes.

Deixe sua opinião

Advertisements
20 - Banner Threads