Brasil

Dirigente do PL é indiciado por abusar sexualmente das netas

Em | Da Redação

Atualizado em

Dirigente do PL é indiciado por abusar sexualmente das netas
Foto: Reprodução/Redes sociais

O dirigente do Partido Liberal (PL) e vice-presidente estadual da sigla em São Paulo, José Renato da Silva, foi indiciado pela Polícia Civil por abusar sexualmente das netas desde quando elas tinham 6 e 7 anos até a adolescência.

Caso foi revelado pela filha, Cintia Renata Lira da Silva, que também diz ter sido abusada pelo pai quando era criança. Ela publicou um desabafo no Instagram sobre o caso na quarta-feira (6). Cintia é secretária municipal de Suzano (SP), cidade em que José Renato já foi prefeito.

No texto, ela conta que viveu por anos guardando esse segredo e que só decidiu denunciar o pai depois de tomar conhecimento de que suas filhas passaram pela mesma situação. Na carta aberta, a secretária ainda relata como se sentiu e como vem apoiando as filhas.

“Por várias vezes oscilei em fazer isso e permanecer calada, quieta no meu canto conhecido, porque já estou acostumada a lidar. Passei minha vida inteira tentando provar para alguém, sempre com a sensação de não pertencer ao lugar, seja ele qual fosse”, conta.

Cíntia ainda critica a posição de algumas pessoas que tentaram abafar a situação para preservar a imagem de José Renato.

Eu, uma criança de 6 anos apenas, e minhas filhas tinham 6 e 7 aninhos quando começaram os abusos feitos pela mesma pessoa, o avô. Elas continuaram sendo abusadas pelos 9 anos seguintes. Crianças sendo acariciadas por quem deveria protegê-las. Sendo obrigadas a acariciá-lo também. Não tinha como sermos adultas e saudáveis tendo que conviver com isso e ainda nos calar“, afirma.

José Renato pediu afastamento de suas funções no PL.

Da redação do PortalPE10, com informações do Diário de Pernambuco.

Deixe sua opinião

Advertisements
20 - Banner Threads