Brasil

CRIME: Motorista de aplicativo morre após ser incendiado junto com o carro

Em | Da Redação

Atualizado em

CRIME: Motorista de aplicativo morre após ser incendiado junto com o carro

O motorista de aplicativo, Paulo Stochi Diniz, de 43 anos, morreu após ter sido assaltado, sequestrado e incendiado na última quinta-feira (19). O crime foi praticado enquanto trabalhava como motorista de aplicativo em Cotia, na região metropolitana de São Paulo. O sepultamento da vítima aconteceu no último sábado (21)

As filhas e afilhada contaram que Paulo foi assaltado em São Paulo e suspeitos atearam fogo nele e no carro. “Ele estava internado na UTI em estado muito grave, com 70% do corpo queimado e não resistiu”, afirmou uma das filhas.  Ainda não há informações sobre o paradeiro dos suspeitos de cometer o crime. A Secretaria de Segurança Pública investiga o caso.

 

Deixe sua opinião

Advertisements
20 - Banner Threads