Brasil

Criança confunde cobra com graveto e morre após ser picada

Em | Da Redação

Atualizado em

Criança confunde cobra com graveto e morre após ser picada

Criança confunde cobra com graveto e morre após ser picada

João Victor Delfino Laurentino, de 11 anos, acabou picado por uma cobra ao confundir o animal com um graveto de árvore durante uma brincadeira. Ele estava internado em uma Unidade de Terapia Intensiva (UTI) desde o dia 6 de outubro, mas acabou não resistindo e morreu na última segunda-feira (17). O caso aconteceu em Mogi das Cruzes, interior de São Paulo.

O garoto foi picado pela cobra enquanto jogava futebol com amigos. A bola do grupo de crianças caiu no terreno e a vítima teria ficado responsável por resgatá-la. Ele foi socorrido e levado até uma Unidade de Pronto Atendimento (UPA), mas a sua família diz que, desde a hora que João Victor foi picado até o momento em que ele recebeu o soro antiofídico, se passaram mais de sete horas, o que pode ter ajudado a agravar ainda mais o seu quadro clínico.

A prefeitura de Mongi das Cruzes afirma que o soro não está disponível em nenhuma unidade de saúde municipal, e que o processo de regulação do paciente para um hospital de referência demorou por questões burocráticas. Diz ainda que, resolvido o problema do trâmite, a criança recebeu o soro e passou por uma hemodiálise.

Ainda de acordo com a família de João Victor, esse não é o primeiro caso de picada de cobra no bairro onde eles moram. Até agora, os moradores não conseguiram identificar a espécie do réptil que picou o garoto e uma outra pessoa, em outra ocasião.

De acordo com o g1, moradores da cidade usam uma trilha que fica no terreno onde o garoto foi picado para levar seus filhos até escolas da região. Perto de lá, outro terreno é usado como ponto para o descarte irregular de lixo.

Deixe sua opinião

Advertisements
20 - Banner Threads