Pernambuco

Covid-9: sobe taxa de ocupação de UTIs em Pernambuco

Em | Da Redação

Atualizado em

Covid-9: sobe taxa de ocupação de UTIs em Pernambuco
UTI: Foto Reprodução Intenet

 

Depois de semanas de quedas nas internaçõesPernambuco voltou a registrar alta na ocupação de leitos de unidades de terapia intensiva (UTIs) com casos graves de pacientes com suspeita ou confirmação de Covid-19.

Segundo o balanço mais recente da Secretaria Estadual de Saúde (SES-PE), divulgado nessa quarta-feira (16), há 75% dos 581 leitos da rede pública ocupados – esse patamar não era observado desde agosto deste ano. Na rede privada, há 59% das 136 vagas ocupadas.

Dados de painel da Secretaria de Planejamento e Gestão (Seplag) consultados no início da tarde desta quinta-feira (17) mostram que há 46 pessoas na fila por um leito de UTI pública no Estado. Dessas solicitações, 32 são para adultos e 14, para crianças.

Por meio de nota, a SES-PE reiterou que “continua monitorando de forma permanente e criteriosa a evolução do cenário epidemiológico da Covid-19”. Na semana passada, a pasta confirmou a circulação das subvariantes BQ.1 e XBB da ômicron em território pernambucano e “o consequente aumento de casos”.

A secretaria pede o reforço nos cuidados, especialmente na parcela da população mais vulnerável ao vírus, e o avanço na vacinação. “Os leitos citados não são exclusivos para a Covid-19, pois atendem pacientes com os mais diversos quadros respiratórios, virais, ou não. Além disso, a Central de Regulação tem constatado, entre os usuários admitidos nos serviços de saúde, pacientes colonizados com a doença, mas internados por outros quadros clínicos que não a Covid-19”, esclarece a SES-PE.

A SES-PE também reforça que, no momento, “o número de vagas disponíveis nos leitos voltados para casos de Srag é superior à atual demanda e as transferências estão sendo realizadas dentro do giro das unidades”.

“O Estado continua possuindo uma das maiores redes de internamento para casos respiratórios do Brasil, e não vislumbra, no momento, a abertura de novas vagas. No entanto, se houver necessidade, haverá a conversão de leitos na rede própria e contratualizada”, completou a SES-PE.

Deixe sua opinião

Advertisements
20 - Banner Threads