Brasil

Consultar PIS: saiba como sacar PIS esquecido; parcela pode chegar a R$ 3.000

Em | Da Redação

Atualizado em

Consultar PIS: saiba como sacar PIS esquecido; parcela pode chegar a R$ 3.000
Foto: Reprodução/Agência Brasil

Foto: Reprodução/Agência Brasil

Com informações do Governo Federal, cerca de 10 milhões de brasileiros, por razão não identificada, não realizaram o saque das cotas do PIS destinadas àqueles que estiveram em ofício com carteira assinada entre 1971 a 4 de outubro 1988.

Supõe-se que, devido aos critérios de saque de cotas do PIS, impostos pelas empresas nas décadas sinalizadas, os valores tenham sido esquecidos pelos trabalhadores, que nunca chegarm a sacar.

Por consequência, o acúmulo resultou em um valor estimado em R$ 500 milhões que, em 2019, começou a ser liberado. Em 2022, com a soma dos valores não sacados do ano-base 2019, as parcelas podem chegar a até R$ 3.000.

PIS Pasep

O PIS Pasep é uma junção monetária de fundos constituídos a partir do Programa de Integração Social (PIS) e do Programa de Formação do Patrimônio do Servidor Público (PASEP).

PIS, pago exclusivamente pela Caixa Econômica Federal, é uma contribuição que parte do cálculo dos valores pagos aos trabalhadores na forma parcelas proporcionais ao tempo de serviço. O Pasep, pago pela instituição Banco do Brasil, é uma contribuição social recolhida de forma mensal.

PIS ESQUECIDO: COMO SACAR?

O está disponível para os trabalhadores que:

  • Tenham recebido até dois salários mínimos em 2020;
  • Tenham exercido qualquer atividade remunerada pelo prazo mínimo de 30 dias, no ano de 2020;
  • Estejam cadastrados nos programas PIS Pasep há, no mínimo, cinco anos, com atualização de dados cadastrais realizada.

CALENDÁRIO DO PIS 2022

Embora o calendário de pagamentos do PIS 2022 tenha sido encerrado no início deste ano, o prazo para saque do abono salarial se estende até dia 29 de dezembro.

Assim, os trabalhadores que correspondem aos critérios de pagamento anteriormente citados ainda poderão realizar o saque do PIS 2022.

PARCELA DE R$ 1.212,00

As diretrizes do fisco preveem que parcelas do PIS sejam calculadas com base no teto do salário mínimo do ano de pagamentos, isto é, a parcela máxima deve ser equivalente a um salário mínimo.

Por isso, de acordo com a proporcionalidade dos meses de ofício, receberá a parcela de R$ 1.212,00 do abono salarial do PIS 2022 aqueles trabalhadores que tiverem cumprido o máximo de 12 meses.

 

Deixe sua opinião

Advertisements
20 - Banner Threads