Pernambuco

Congestionamento faz grávida dar à luz dentro de carro no Recife

Em | Da Redação

Atualizado em

Congestionamento faz grávida dar à luz dentro de carro no Recife
Foto: Reprodução/Quéren Melo

A arquiteta Quéren Melo teve de dar à luz dentro do próprio carro, na última terça (14/2), em uma ponte situada no centro do Recife (PE). Aos nove meses de gestação, a mulher estava a caminho da maternidade quando percebeu que o trabalho de parto era iminente. O congestionamento, contudo, impediu a grávida de chegar ao destino e a forçou a ter o filho no automóvel.

Quéren, 32 anos, saiu, na manhã de terça (14/2), para fazer um ensaio fotográfico a céu aberto dos últimos estágios da gravidez. A arquiteta não se atentou às contrações por acreditar que a sensação era a mesma que ela sentia há algumas semanas.

A sensação, então, se intensificou. A princípio, Quéren creditou a piora ao esforço feito na sessão de fotos, mas decidiu ir à maternidade em companhia do marido Eduardo Freitas. O trânsito pegou o casal de surpresa.

Eduardo, na condução do carro, tentou pegar a faixa exclusiva para os ônibus e pedir abertura aos outros motoristas, mas não havia possibilidade de liberação fluxo. Ao chegarem no viaduto que precede a ponte, a bolsa da arquiteta se rompeu.

Sem perspectiva de chegar ao hospital a tempo, a mulher se preparou para o nascimento iminente. Contrariando os planos que o casal havia feito de um trabalho de parto natural dentro da piscina, o bebê Judá veio à luz em meio aos carros. Às 11h15, o bebê nasceu aos choros, enrolado ao cordão umbilical, mas logo se acalmou.

A médica de Querén foi avisada do parto e esperava a arquiteta na porta do hospital quando eles conseguiram, por fim, sair do engarrafamento, cerca de 20 minutos após o nascimento. Mãe e bebê receberam alta nesta quarta-feira (15/2) e passam bem.

Deixe sua opinião

Advertisements
20 - Banner Threads