Política

Com quase dois meses de governo,Zambelli diz que impeachment de Lula é uma possibilidade

Em | Da Redação

Atualizado em

Com quase dois meses de governo,Zambelli diz que impeachment de Lula é uma possibilidade

 

Durante uma entrevista divulgada nesta quinta-feira (23), a deputada Carla Zambelli (PL-SP) comentou o resultado das eleições presidenciais do ano passado e criticou alguns comportamentos do ex-presidente Jair Bolsonaro, seu colega de partido. Além disso, falou sobre pedidos de impeachment do presidente Lula (PT).

Perguntada sobre uma falsa tese de fraude nas urnas, que foi pauta por meses antes, durante e depois das eleições, Zambelli desviou a atenção.

“Não posso responder ou vou ter que pagar R$ 20 mil de multa”, respondeu a parlamentar.

Porém, quando perguntada sobre o que seus eleitores achavam disso, Zambelli afirmou que uma grande maioria ainda questiona o resultado “o tempo todo”.

“Vieram tirar foto comigo umas 40 pessoas, sendo que 30 questionaram o resultado. Mas não posso falar, até porque acho que está pacificado, agora é lutar de outra maneira”, disse.

Em algumas de suas respostas, a parlamentar adota um tom critico a Bolsonaro, de quem é fiel escudeira.

Segundo ela, eleitores afirmaram que votariam nela, mas não nele e que Bolsonaro deveria ter ficado no Brasil.

A menos de dois meses completos do governo Lula (PT), Zambelli afirmou que o impeachment do presidente é uma possibilidade.

Segundo ela, Lula teria cometido um crime de responsabilidade, mas não seria um crime “popular”. O crime, de acordo com a deputada, é Lula não ter feito a licitação dos móveis no Alvorada.

“Acredito que logo ele vai cometer [um crime]. O Congresso vai perceber que ele não está fazendo o que prometeu. A economia vai começar a dar errado, e ele vai ficar impopular”, contou.

Deixe sua opinião

Advertisements
20 - Banner Threads