Política

CGU vai autorizar quebra de sigilo do cartão de vacina de Bolsonaro

Em | Da Redação

Atualizado em

CGU vai autorizar quebra de sigilo do cartão de vacina de Bolsonaro

Nos próximos dias a Controladoria-Geral da União (CGU) deve autorizar a quebra de sigilo dos dados do cartão de vacinação do ex-presidente Jair Bolsonaro. A expectativa é que até o próximo dia 17 de fevereiro, o Ministério da Saúde autorize os dados via Lei de Acesso à Informação (LAI), segundo o colunista do site Metrópoles, Igor Gadelha.

Vale lembrar que em janeiro deste ano, o Ministério da Saúde não disponibilizou o acesso do cartão de vacina do ex-presidente, à imprensa.

O ministro da CGU, Vinícius de Carvalho, disse que a divulgação do cartão de vacina de um presidente em meio a uma pandemia é diferente de uma questão íntima de saúde.

Para o ministro, quando se fala de vacinação, está falando de uma política pública, principalmente em meio a uma pandemia.

Vinícius argumenta ainda que no caso específico de Bolsonaro, deve ser levado em conta, declarações feitas por ele mesmo falando que não se vacinou contra a Covid-19.

Ainda de acordo com a CGU, há outros 234 casos de sigilos do ex-presidente para serem analisados.

Deixe sua opinião

Advertisements
20 - Banner Threads