Brasil

Censo IBGE inicia entrevistas com brasileiros após dois anos de atraso

Em | Da Redação

Atualizado em

Censo IBGE inicia entrevistas com brasileiros após dois anos de atraso

IBGE começa nesta segunda-feira (1º) a visitar 75 milhões de domicílios espalhados pelo país

Após dois anos de atraso e a ameaça de um apagão estatístico no país, o Censo Demográfico começa a chegar aos lares brasileiros nesta segunda-feira (1º). O motivo é o início das entrevistas do levantamento, sob responsabilidade do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística).

Até outubro, a intenção do órgão é visitar 75 milhões de domicílios espalhados pelo Brasil –de periferias, localidades ribeirinhas e comunidades indígenas até casas e condomínios de luxo.

Os resultados preliminares da contagem da população devem sair até o final deste ano, segundo a previsão do IBGE. Dados mais detalhados tendem a ser divulgados a partir de 2023.

“Agora a gente começa a parte mais conhecida do Censo, que é a visita aos domicílios”, afirma Claudio Stenner, diretor de geociências do instituto.

“Serão em torno de três meses de coleta. Agosto e setembro concentram a maior parte. Outubro é mais para o fechamento”, completa.

O Censo, que costuma ser realizado de dez em dez anos, é considerado o trabalho mais detalhado sobre as características demográficas e socioeconômicas da população brasileira.

Deixe sua opinião

Advertisements
20 - Banner Threads