Noticias

Catador é morto após PM confundir pedaço de madeira com fuzil

Em | Da Redação

Atualizado em

Catador é morto após PM confundir pedaço de madeira com fuzil

Um homem foi morto durante uma operação da Polícia Militar na Cidade de Deus, no Rio de Janeiro. A razão do crime foi, no mínimo, assustadora. Isso porque, de acordo com moradores, a corporação confundiu um pedaço de madeira com um fuzil, o qual estava na mão da vítima na ocasião, segundo informações publicadas pelo jornal Cdd Acontece.

Atuante como catador de recicláveis, o homem, que atendia pelo apelido de Lord, tinha 50 anos e era portador de deficiência visual, de acordo com informações da TV Globo. Ele foi executado no quintal de casa, onde morava sozinho.

Ainda conforme a publicação, a operação, coordenada pelo 18º BPM, de Jacarepaguá, teve início desde cedo e existe um homem morto na localidade chamada de Pantanal. Por volta das 8h50, o local estava limpo e sem nenhuma presença de confrontos.

“As vias estão abertas normalmente. Recomendamos que evite circular. Faça contato com amigos e familiares para saber como está a área que mora ou tem que passar”, comunicou o jornal nas redes sociais.

Deixe sua opinião

Advertisements
20 - Banner Threads