Pernambuco

Caso Padre Airton: Polícia prende funcionário que estava foragido

Landelino Rodrigues, que trabalhava com comunicação na Fundação Terra, foi preso em Garanhuns, no Agreste.

Em | Da Redação

Atualizado em

Caso Padre Airton: Polícia prende funcionário que estava foragido
Padre Airton Freire, da Fundação Terra, foi suspenso do “Uso de Ordem” — Foto: Arquivo pessoal

Na manhã desta quinta-feira (27), a Polícia Civil de Pernambuco prendeu Landelino Rodrigues da Costa Filho, de 34 anos, funcionário do padre Airton Freire, que estava foragido e foi indiciado por crimes de estupro. A prisão ocorreu em Garanhuns, no Agreste, durante o cumprimento de um mandado da investigação intitulada “Amnom”.

De acordo com a polícia, Landelino trabalhava com comunicação e era responsável pela filmagem e gravação das missas e dos eventos. Ele havia sido alvo de um mandado de prisão em Arcoverde no dia 14 de julho, mas não foi localizado pela polícia e estava foragido.

“Após os procedimentos de praxe, o homem foi apresentado em audiência de custódia realizada pela comarca de Arcoverde”, esclareceu a Polícia Civil em nota.

Deixe sua opinião

Advertisements
20 - Banner Threads