Brasil

Caminhoneiros fecham os dois sentidos da Via Dutra, principal acesso entre São Paulo e Rio

Em | Da Redação

Atualizado em

Caminhoneiros fecham os dois sentidos da Via Dutra, principal acesso entre São Paulo e Rio

 

Caminhoneiros fecharam, na madrugada desta segunda-feira, 31, os dois sentidos de um trecho da rodovia Presidente Dutra, mais conhecida como Via Dutra, que liga a cidade de São Paulo ao Rio de Janeiro. Esta é mais uma ação de bloqueio realizada pelos manifestantes em diferentes estradas do País, em protesto à vitória de Luiz Inácio Lula da Silva (PT) na eleição deste domingo, 30.

De acordo com a CCR RioSP, concessionária responsável pela gestão da via, a manifestação afeta um trecho entre os KM 279 e 281 da BR-116, nas proximidades do município de Barra Mansa, no sul do estado do Rio de Janeiro.

O protesto, segundo o monitoramento da CCR RioSP, começou por volta das 1h51 desta segunda-feira. A pista no sentido SP-Rio foi completamente interrompida, enquanto o sentido contrário (Rio-SP) apresenta tráfego lento. Ainda não há previsão para liberação das vias.

Parte dos manifestantes é composta por caminhoneiros que protestam contra a vitória de Lula sobre o presidente Jair Bolsonaro (PL). O candidato do PT venceu a disputa à Presidência com 50,9% dos votos, ante 49,1% de Bolsonaro.

A categoria é ligada ao atual presidente e já protagonizou ações desse tipo nos últimos anos. Durante as manifestações de 7 de setembro de 2021, caminhoneiros paralisaram estradas da região Sul, em especial em Santa Catarina.

Pelas redes sociais, pessoas que estavam na rodovia no momento da paralisação compartilharam relatos de espera. “Estou há quase uma hora e meia parado na Dutra por causa do protesto dos caminhoneiros. Infelizmente, a esperança que eu estava sentindo ontem está se esvaindo.Vão ser dias muito duros ainda”, escreveu uma delas no Twitter.

Deixe sua opinião

Advertisements
20 - Banner Threads