Logo Agência O Globo
Carreiras Empregos

Brasil gera 83,3 mil empregos com carteira assinada em janeiro, aponta Caged

Em | Da Redação com informações de Agência O Globo

Atualizado em

Brasil gera 83,3 mil empregos com carteira assinada em janeiro, aponta Caged
(Foto: Divulgação/SEI)

 

O Brasil abriu 83.297 novas vagas de trabalho com carteira assinada em janeiro, de acordo com dados do Novo Caged (Cadastro Nacional de Empregados e Desempregados) divulgados pelo Ministério do Trabalho e Emprego no início da tarde desta quinta-feira (9).

A expansão do número de vagas formais é decorrente de 1,874 milhão de admissões e 1,79 milhão de desligamentos no mês.

Nos 12 meses anteriores, entre fevereiro de 2022 e janeiro de 2023, foi registrado o saldo positivo de 1,949 milhão de empregos, decorrente de 22,711 milhões de admissões e de 20,76 milhões de desligamentos (com ajustes até janeiro de 2023).

Em dezembro havia sido verificada uma retração na criação de postos de trabalho: foram registrados mais desligamentos que admissões, 1,813 milhão contra 1,382 milhão, respectivamente — saldo negativo de 431,01 mil vagas de emprego celetista criadas no Brasil no mês.

Na distribuição das vagas pelo país, três das cinco regiões brasileiras apresentaram saldo positivo: Sul, Centro-Oeste e Sudeste. O Sul teve o melhor desempenho, com 32,17 mil postos de trabalho criados a mais do que os que foram fechados no mês — variação de 0,41%. O Centro-Oeste registrou saldo de 27,35 mil postos (+0,74%), e o Sudeste, de 18,78 (+0,09%).

As regiões Nordeste e Norte fecharam janeiro com mais demissões que contratações e ficaram com saldo negativo de 133 (-0,00%) e 482 postos (-0,02%), respectivamente.

O setor da economia que mais gerou empregos no primeiro mês do ano foi o de serviços, com saldo de 40,68 mil postos de trabalho, seguido pelo da construção, com 38,96 mil vagas de saldo.

Deixe sua opinião

Advertisements
20 - Banner Threads