Política

Bolsonaro convoca embaixadores estrangeiros para criticar urnas eletrônicas

Em | Da Redação

Atualizado em

Bolsonaro convoca embaixadores estrangeiros para criticar urnas eletrônicas
Presidente Jair Bolsonaro participada cerimônia Pela Família e Pela Vida, onde falou sobre o resultado da votação da segunda turma do STF, que manteve a cassação do deputado Fernando Francischini no Pal. do Planalto. Sérgio Lima/Poder360 07.jun.2022

Presidente Jair Bolsonaro participada cerimônia Pela Família e Pela Vida, onde falou sobre o resultado da votação da segunda turma do STF, que manteve a cassação do deputado Fernando Francischini no Pal. do Planalto. Sérgio Lima/Poder360 07.jun.2022

Da Estadão Conteúdo 

presidente Jair Bolsonaro marcou para a tarde da próxima segunda-feira (18) um encontro com embaixadores estrangeiros para levantar dúvidas sobre a segurança do processo eleitoral brasileiro. Os principais nomes do corpo diplomático acreditado em Brasília começaram a ser convidados nesta quinta-feira (15).

A iniciativa partiu do Palácio do Planalto e não do Itamaraty. O convite de Bolsonaro, assinado pelo cerimonial da Presidência da República, omite o assunto da reunião.

“Fui incumbido de convidar vossa excelência para encontro do senhor presidente da República com chefes de missão diplomática a ser realizado às 16 horas de 18 de julho de 2022, no Palácio da Alvorada”, diz a convocação. O chanceler Carlos França deve participar.

Os embaixadores, no entanto, já sabem das intenções de Bolsonaro. Na semana passada, o presidente anunciou que convocaria os embaixadores para tentar convencê-los de suas teses sobre as urnas eletrônicas.

Deixe sua opinião

Advertisements
20 - Banner Threads