Brasil

Bolsonarista invade festa de aniversário com tema do PT e mata aniversariante em Foz do Iguaçu

Em | Da Redação

Atualizado em

Bolsonarista invade festa de aniversário com tema do PT e mata aniversariante em Foz do Iguaçu
Foto: Reprodução | Redes Sociais

Faleceu na madrugada deste domingo (10) o líder sindical Marcelo Arruda, em Foz do Iguaçu. Ele foi atingido por três tiros, durante a festa de aniversário de 50 anos, que tinha como tema o Partido dos Trabalhadores, no qual era filiado. A Polícia Civil (PC) está investigando o caso.

Arruda reuniu cerca de quarenta amigos no sábado (09) para comemorar o aniversário na Associação Recreativa Esportiva Segurança Física de Itaipu (Aresf). Durante a festa um homem identificado como Jorge José da Rocha, parou o carro em frente ao local e começou a gritar.

“Ele gritava: eu sou Bolsonaro, mito. Eu vou matar todo mundo”, contou uma testemunha que presenciou o ocorrido.

De acordo com o boletim de ocorrência, houve uma discussão entre a vítima e Rocha, que chegou a sacar uma arma. Depois disso o acusado saiu, mas retornou cerca de quinze minutos depois e atirou três vezes contra o aniversariante, que também estava armado porque era GM.

Mesmo baleado, Arruda revidou e conseguiu ferir o invasor. Ambos foram socorridos pelo Corpo de Bombeiros por volta das 23h45 de sábado (09), mas Arruda não resistiu e morreu durante a madrugada. Rocha por sua vez, foi internado em estado grave em um hospital, mas também veio a óbito.

A Polícia Militar (PM) foi acionada e registrou a ocorrência. O caso foi tratado primeiro como lesão corporal de natureza grave, mas com o falecimento da vítima deve evoluir para homicídio.

Marcelo Arruda era casado e pai de quatro filhos. Em 2020 disputou o cargo de vice-prefeito de Foz do Iguaçu pelo PT. Ele era tesoureiro do diretório municipal do partido e diretor do Sindicato dos servidores públicos de Foz do Iguaçu.

*As informações são do Plural Curitiba.

Deixe sua opinião

Advertisements
20 - Banner Threads