Brasil

“Bolsa Pé de Meia” para alunos do ensino médio da rede pública será de R$ 200 mensais

O programa “Bolsa Pé de Meia" é um incentivo que visa diminuir a evasão e o abandono escolar, além de criar condições para que os estudantes possam concluir os estudos

Em | Da Redação

Atualizado em

“Bolsa Pé de Meia” para alunos do ensino médio da rede pública será de R$ 200 mensais
Presidente Lula e o ministro da Educação, Camilo Santana, detalham no Palácio do Planalto o programa Bolsa Pé de Meia — Foto: Ricardo Stuckert/PR (31.07.2022)

O governo Lula (PT) definiu, em decreto assinado nesta sexta-feira (26), as regras do programa federal que vai pagar bolsas e uma poupança para manter alunos pobres no ensino médio. O projeto foi batizado de Pé de Meia.

Alunos de famílias beneficiárias do Bolsa Família vão receber uma bolsa mensal de R$ 200 para não sair da escola. O programa ainda prevê uma poupança com depósitos anuais, de R$ 1.000, cujo valor total só poderá ser sacado ao fim do ensino médio.

A estimativa é que o programa possa beneficiar 2,5 milhões de estudantes em todo país, ao custo anual previsto de R$ 7 bilhões.

Serão dez parcelas de R$ 200 por ano (a primeira, no momento da matrícula). A previsão é que neste ano os pagamentos comecem em março, mas ainda há detalhes burocráticos a serem resolvidos, segundo o governo.

Caso o aluno participe do Enem, há previsão de mais um pagamento, de R$ 200. O objetivo do governo é, além de manter os jovens na escola, incentivar que participem do exame, principal porta de entrada para o ensino superior.

Deixe sua opinião

Advertisements
20 - Banner Threads