Brasil

Bispo que chutou Nossa Senhora Aparecida hoje faz campanha para Bolsonaro, ataca Lula e acusa o STF de eleição fraudada

Em | Da Redação

Atualizado em

Bispo que chutou Nossa Senhora Aparecida hoje faz campanha para Bolsonaro, ataca Lula e acusa o STF de eleição fraudada

O bispo Sérgio Von Helder ficou famoso há 27 anos ao chutar a imagem de Nossa Senhora Aparecida durante o programa “Palavra da Vida”, na Record. Hoje, ele se tornou um seguidor fiel do presidente Jair Bolsonaro (PL) em campanha pela reeleição do político. No perfil de Von Helder nas redes sociais só existem postagens com críticas ao ex-presidente Lula (PT), adversário direto de Bolsonaro na disputa.

Ainda no Facebook, Von Helder faz acusações graves contra o (STF Superior Tribunal Federal) e o TSE (Tribunal Superior Eleitoral) sem provas. “A eleição já foi fraudada no primeiro turno. Você vê que o Lula não se preocupa com pesquisa. STF fazendo de tudo para ele ganhar. Países comunistas (Argentina, Chile, Venezuela, Colômbia) já sabiam que ganharia no primeiro turno”, falou em uma transmissão sem apresentar prova. O bispo foi procurado para falar sobre as acusações que faz, mas não respondeu o contato..

Os ataques de Von Helder a Lula acontecem desde a época em que chutou a santa na TV. Em 1994, um ano antes da polêmica, o bispo chegou a dizer que o ex-presidente era o “próprio diabo, um sujeito barbudo, que tem um dedo a menos e a língua presa”. Em 2018, Von Helder gravou um vídeo apoiando Bolsonaro, na época ainda candidato à Presidência, e criticando Fernando Haddad (PT). Na ocasião, ele disse que o PT era a “personificação do diabo”.

“Porque nós estamos em uma situação onde o diabo quer imperar no Brasil através do PT. As pessoas estão crendo no diabo através do PT. O Bolsonaro sozinho está revolucionando o mundo”, disse ele. “Esse safado, canalha, desgraçado do Haddad está se fazendo de cristão.”.

O programa era exibido no dia 12 de outubro, dia da padroeira do Brasil e feriado católico no país. O bispo desferiu chutes na estátua da santa tentando mostrar que era um objeto, sem teor religioso e usado para ganhar dinheiro dos fiéis — nas palavras dele. Membro da Igreja Universal, o pastor desferiu ataques contra a Igreja Católica. A repercussão foi imediata e chegou até ter matéria exibida no “Jornal Nacional”, da TV Globo, nos dias seguintes. O bispo acusava Igreja Católica de retirar dinheiro de fiéis.

Com a pressão pelo ato, Von Helder foi enviado aos Estados Unidos e para países da América Central, tentando o anonimato após a repercussão dos seus ataques e por receber ameaças. Hoje, ele grava vídeos de pregações em sua página do Facebook e não está vinculado a nenhuma igreja..

Deixe sua opinião

Advertisements
20 - Banner Threads