Logo Agência O Globo
Brasil

Bancos começam a interromper oferta de consignado INSS após governo reduzir juros

Em | Da Redação com informações de Agência O Globo

Atualizado em

Bancos começam a interromper oferta de consignado INSS após governo reduzir juros
Dinheiro – Foto: Marcello Casal Jr/Agência Brasil

 

Diversos bancos começaram a interromper a oferta de crédito consignado para aposentados e pensionistas do INSS, após o governo reduzir no início da semana o teto de juros de 2,14% para 1,70%. A Febraban já havia alertado que a nova taxa não cobre a estrutura de custas e que poderia haver reflexo na oferta.

Os maiores players desse segmento de consignado no INSS são Itaú, Bradesco, Pan, Santander, Caixa, Banco do Brasil, C6 e Safra, que juntos respondem por 80% da ofertas. Todos foram procurados pelo Valor, mas ainda não se manifestaram. Nas redes sociais, no entanto, já circulam imagens de comunicados divulgados por diversas instituições.

No caso do Itaú, o comunicado diz que “a partir de hoje suspendemos a contratação de novos empréstimos de crédito consignado INSS, por tempo indeterminado” e que o banco avisará quando tiver novas atualizações. Procurada, a instituição apenas confirmou a interrupção.

Em resposta do Valor, o Pan disse que “em função da redução do teto de juros aprovada pelo Conselho Nacional da Previdência Social (CNPS), suspendeu temporariamente novas operações consignadas do INSS de empréstimo, cartão e cartão benefício.” Já o Mercantil disse que suspendeu temporariamente o produto empréstimo consignado. “Estamos avaliando a situação e ajustando o produto às novas condições. O cartão consignado e as demais modalidades de crédito pessoal continuam vigentes”.

O Daycoval afirmou que, mediante a aprovação do novo teto, “decidiu concentrar esforços para a operação de empréstimo consignado para funcionários públicos nos 200 convênios ativos, e suspender temporariamente as operações do produto de crédito consignado INSS (empréstimos e cartões) para pensionistas e aposentados em seu canal de correspondentes e rede própria”. O banco diz que os contratos firmados até 15 de março permanecem inalterados.

A Caixa diz que continua operando o consignado INSS. Entre os grandes, ela é a que pratica a menor taxa, de 1,84%, mas ainda assim acima do teto.

Deixe sua opinião

Advertisements
20 - Banner Threads