Brasil Política

As previsões do chefe do instituto de pesquisa que mais acertou na eleição

Em | Da Redação

Atualizado em

As previsões do chefe do instituto de pesquisa que mais acertou na eleição
Alan Santos/PR e Ricardo Stuckert

 

Chefe do instituto que mais acertou nas previsões de primeiro turno, Murilo Hidalgo, do Paraná Pesquisas, diz que a eleição, duramente dividida entre Lula e Jair Bolsonaro, será definida no detalhe: “Tá meio a meio”, diz.

Hidalgo diz, no entanto, que o eleitorado já decidiu em quem votar. O problema é que muitos brasileiros, por causa da guerra política que virou essa disputa, não abrem o voto quando abordados por institutos.

O chefe do instituto avalia ainda que os motivos para o voto entre Lula e Bolsonaro muito provavelmente não serão influenciados pela campanha de baixarias nesta reta final.

“Pouco importa o que vai acontecer até o dia 30. O eleitor já definiu o voto, só não revela. Quem vota em Bolsonaro, não se deixa levar por essas coisas sobre falas polêmicas dele. Foi assim durante o governo inteiro e ele não perdeu votos. O mesmo vale para Lula. A desconstrução não vai tirar votos de quem decidiu pelo petista”, diz.

Deixe sua opinião

Advertisements
20 - Banner Threads