Brasil

Ar-condicionado explode e técnico de manutenção morre durante manutenção

Gyula Csehes, de 38 anos, sofreu queimaduras graves, deformação no rosto e fratura no crânio. Elgin, fabricante do aparelho, disse que apura detalhes do acidente.

Em | Da Redação

Atualizado em

Ar-condicionado explode e técnico de manutenção morre durante manutenção
Brenda Oliveira, de 26 anos, e homem apelidado como Gordinho da Batata foram mortos a cerca de 600 metros da unidade policial, onde ele havia prestado depoimento.

Um homem de 39 anos morreu após o cilindro de gás de um ar-condicionado explodir em Maceió, nesta terça-feira (30). Gyula Morais Csehes estava fazendo a manutenção do aparelho de uma empresa quando sofreu o acidente. As informações são do g1.

Segundo o Samu, Gyula sofreu deformidade no rosto, fratura de crânio e queimaduras graves. Ele foi socorrido já desacordado e morreu no Hospital Geral do Estado (HGE).

A vítima tinha uma empresa de climatização e refrigeração no município de Coruripe. Ele tinha seis filhos, com idades entre 3 e 20 anos. A filha mais velha dele publicou uma homenagem nas redes sociais.

Brenda Oliveira, de 26 anos, e homem apelidado como Gordinho da Batata foram mortos a cerca de 600 metros da unidade policial, onde ele havia prestado depoimento.

EMPRESA APURA CAUSAS DO ACIDENTE

A Elgin, fabricante do ar-condicionado que explodiu, disse em nota que se solidariza com a família de Gyula e que apura as circunstâncias do acidente.

“A Elgin lamenta profundamente o ocorrido e reitera que segue todos os procedimentos e normas técnicas, sendo certificada pelos órgãos competentes, e que está apurando todos os detalhes do incidente”, disse.

Deixe sua opinião

Advertisements
20 - Banner Threads