Entretenimento

Anitta vai passar por cirurgia após diagnóstico de endometriose

Em | Da Redação

Atualizado em

Anitta vai passar por cirurgia após diagnóstico de endometriose
Foto: Bridget Bennett/AFP

A cantora Anitta revelou nas redes sociais que foi diagnosticada com endometriose, uma doença crônica que afeta mulheres em idade reprodutiva. A artista usou o Twitter para fazer um longo desabafo sobre os últimos nove anos que passou sentindo dores após ter relações sexuais.

De acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS), cerca de 180 milhões de mulheres enfrentam a endometriose, sendo 7 milhões apenas no Brasil. A doença ocorre quando o endométrio — tecido que reveste a parede interna do útero e descama durante a menstruação — é levado para outros órgãos do corpo.

Anitta contou que ouviu de diversos médicos que sofria de infecção urinária, mas que tomou todos os cuidados recomendados, sem que a dor parasse. “Já tentei de tudo que todos os tipos de médicos falaram. Todas as dicas, conselhos, técnicas que os médicos deram ou do Google. E em nove anos deu foi tempo de eu tentar solução, porém nunca me pediram uma ressonância”, disse a artista.

Ela descobriu o diagnóstico recentemente, quando foi ao hospital acompanhar o pai, que tratou um câncer no pulmão após sofrer um AVC e passou por uma cirurgia em junho. Na ocasião, a cantora comentou com a médica sobre as fortes dores que enfrentava e passou por uma ressonância magnética que detectou a endometriose.

“Pesquisem, galera. A endometriose é muito comum entre as mulheres. Tem vários efeitos colaterais, em cada corpo de um jeito. Pode se estender até a bexiga e causar dores terríveis ao urinar. Existem vários tratamentos. O meu terá de ser cirurgia”, disse Anitta, que também criticou a falta de informação que as mulheres enfrentam.

“Minha cirurgia está marcada e aqui fica meu apelo por mais informações para as mulheres. Mais acesso, mais interesse geral em cuidar do corpo feminino para que a gente possa ser livre e conseguir se cuidar”, finalizou a artista.

Além da dor durante a relação sexual, a endometriose também é uma das principais causas de infertilidade feminina e ainda pode causar cólica menstrual severa, dor pélvica crônica e dor para urinar ou evacuar, principalmente durante a menstruação.

Da redação do PortalPE10, com informações do Estadão.

Deixe sua opinião

Advertisements
20 - Banner Threads