Política

Anderson Torres diz que se sente abandonado por Bolsonaro, diz jornalista

Em | Da Redação

Atualizado em

Anderson Torres diz que se sente abandonado por Bolsonaro, diz jornalista

Desde sua prisão na manhã deste sábado (14), após desembarcar no Aeroporto Internacional, em Brasília (DF), o ex-ministro e ex-secretário de Segurança Pública do Distrito Federal, o delegado Anderson Torres (União), está se sentindo “abandonado” pelo ex-presidente Jair Bolsonaro (PL).

Segundo informações do jornalista Gerson Camarotti, da TV Globo, Torres sinalizou a pessoas próximas que está insatisfeito com o comportamento de Bolsonaro com o seu caso.

O ex-ministro é alvo de uma investigação sobre a atuação das forças de segurança durante a invasão promovida por bolsonaristas nas sedes dos Três Poderes, em Brasília. Há a suspeita que Torres tenha atuado para facilitar a ação dos terroristas bolsonaristas.

Até então, inclusive, as informações sobre a prisão do ex-ministro da Justiça já teriam chegado a pessoas próximas ao ex-presidente que, por outro lado, demonstraram uma certa preocupação com as próximas declarações que Torres poderá fazer.

Por ora, o ex-secretário não prestou depoimento e ainda não existe uma data definida para que ele possa depor. Mas, dentro da ala bolsonarista, há um receio de que ele possa negociar uma possível delação premiada se continuar insatisfeito com o ex-capitão.

Além disso, uma pessoa próxima ao ex-ministro indicou que Torres poderá até mesmo “derrubar” outros ex-integrantes do governo. “Se for abandonado, não cairá sozinho”, informou.

Deixe sua opinião

Advertisements
20 - Banner Threads