Brasil

Alvo de um intenso debate,’PEC das Praias’ pode beneficiar senadores que têm imóveis em área de marinha

Nove dos 81 parlamentares têm propriedade nessas condições, mas maioria nega desconforto em votar a proposta

Em | Da Redação

Atualizado em

Alvo de um intenso debate,’PEC das Praias’ pode beneficiar senadores que têm imóveis em área de marinha
Projeto mantém a gestão do DPVAT com a Caixa Econômica Federal. Texto segue para o SenadoFonte: Agência Câmara de Notícias

Alvo de um intenso debate nos últimos dias, a “PEC das Praias”, que prevê a privatização das praias do litoral brasileiro, pode beneficiar alguns senadores.

De acordo com um levantamento feito pelo jornal Folha de São Paulo, nove dos 81 parlamentares poderão ser beneficiados caso a proposta seja aprova. Isso porque estes senadores possuem propriedades localizadas nas áreas que serão impactadas pela PEC.

Para realizar o levantamento, a Folha levou em conta os imóveis que estão no nome dos senadores ou de empresas da sua propriedade.

São eles: Alessandro Vieira (MDB-SE), Ciro Nogueira (PP-PI), Esperidião Amin (PP-SC), Fernando Dueire (MDB-PE), Jader Barbalho (MDB-PA), Laércio Oliveira (PP-SE), Marcos do Val (Podemos-ES), Oriovisto Guimarães (Podemos-PR) e Renan Calheiros (MDB-AL).

As propriedades dos parlamentares estão localizadas em áreas à beira-mar, faixa de 33 metros ao longo do litoral brasileiro e nas margens de rios e lagos que tem alguma influência das marés. Estes imóveis têm a sua propriedade compartilhada com a União, que cobra uma taxa pelo uso e ocupação do terreno.

Deixe sua opinião

Advertisements
20 - Banner Threads