Brasil

Agências da Caixa abrirão uma hora mais cedo hoje(18) para negociar dívidas no Desenrola Brasil

Agências da Caixa abrirão uma hora mais cedo para negociar dívidas no Desenrola

Em | Da Redação

Atualizado em

Agências da Caixa abrirão uma hora mais cedo hoje(18) para negociar dívidas no Desenrola Brasil
Caixa

As agências da Caixa Econômica Federal de todo o Brasil abrirão uma hora mais cedo nesta quarta-feira (18) para atendimentos ligados ao Desenrola Brasil, Minha Casa, Minha Vida e linhas de crédito do banco.

O funcionamento especial será feito de acordo com horário de atendimento da agência, que varia de acordo com a região do país e a cidade, e será realizado por ordem de chegada, com distribuição de senha. O horário de encerramento não será alterado.

A iniciativa faz parte da campanha “Tá na CAIXA”, com o objetivo de facilitar o atendimento e esclarecer dúvidas sobre os serviços do banco e contará com a presença de dirigentes da instituição nos 26 Estados e no Distrito Federal.

O QUE É O DESENROLA BRASIL

Lançado pelo governo Luiz Inácio Lula da Silva (PT) em parceria com bancos e outros agentes financeiros, o Desenrola é um programa de renegociação de dívidas.

As empresas interessadas oferecem descontos e condições de parcelamento para inadimplentes quitarem suas dívidas.

Desde o dia 25 de setembro, o governo promove o chamado leilão de descontos, em que as 709 empresas credoras habilitadas podem informar, na plataforma do Desenrola Brasil, quanto estão dispostas a abater das dívidas para facilitar a renegociação.

O desconto médio oferecido pelos credores, segundo o ministro Fernando Haddad (Fazenda), é de 83%.

Uma dívida de R$ 5.000, por exemplo, cai para R$ 259 e pode ser parcelada com garantia do Tesouro. Empresas dos setores de educação, eletricidade e saneamento chegam a oferecer descontos acima de 90%.

QUEM PODE PARTICIPAR DO DESENROLA BRASIL

A última fase do Desenrola Brasil conta com uma plataforma oficial de pagamento, desenvolvida em parceria com a B3. Pode participar dessa etapa quem tem renda de até dois salários mínimos (R$ 2.640) ou quem é inscrito no CadÚnico (Cadastro Único) e tem dívidas de até R$ 5.000 negativadas entre janeiro de 2019 e dezembro de 2022.

São mais de 20 milhões de inadimplentes que podem parcelar em até 60 vezes o pagamento de dívidas bancárias e não bancárias —como conta de luz, água, varejo, educação— e limpar o nome com a garantia do Tesouro.

Quem tem dívidas entre R$ 5.000 e R$ 20 mil também pode aproveitar os descontos, que chegam a 96% em alguns casos, e renegociar. Neste caso, porém, o pagamento pela plataforma será à vista.

Cerca de 12 milhões de devedores estão nesta situação. Para que a sua dívida apareça no portal do Desenrola, o credor precisa ter aderido ao programa.

Para participar, é necessário ter nível de certificação prata ou ouro no site Gov.br, o que é minoria entre os 32 milhões de CPFs que estão elegíveis. Veja abaixo o passo a passo para renegociar sua dívida pelo Desenrola Brasil.

 

Deixe sua opinião

Advertisements
20 - Banner Threads