Brasil

Adotado por duas mães, menino morto em ataque de Blumenau faria 5 anos

Em | Da Redação

Atualizado em

Adotado por duas mães, menino morto em ataque de Blumenau faria 5 anos
(Foto: Reprodução / Instagram)

Em meio às lágrimas de perder o único neto, um sorriso surge no rosto de Maristela Valerino ao lembrar da chegada do pequeno Enzo Marchesin Barbosa à família. O garoto foi adotado há um ano e ganhou bolo para celebrar a data em dezembro passado. Ele estava prestes a comemorar o quinto aniversário, em maio, quando foi assassinado no ataque que tirou a vida de quatro crianças em uma creche de Blumenau (SC).

A avó conta que a filha está em choque e a nora, revoltada. “Enzo levou luz à família, criou fortes laços com os parentes e se tornou uma força para as mães”, conta Maristela. A filha dela tinha no garoto uma motivação extra na batalha que trava contra o câncer. Para o próximo domingo, já tinham comprado os chocolates e preparado uma caça aos ovos para celebrar a Páscoa. “Ele foi muito feliz com a gente”, garante.

Uma série de fotos nas redes sociais não deixa dúvidas. Quando a chegada de Enzo à família completou um ano, em 6 de dezembro de 2022, Samira Barbosa compartilhou os momentos especiais ao lado do filho. Das sonecas em casa aos passeios, de dias de apoio quando ela estava doente aos banhos de piscina. *As informações são do Metrópoles.

Deixe sua opinião

Advertisements
20 - Banner Threads