Brasil

‘Achei que era correspondido’,diz Personal trainer preso após ‘passa mão nos seios’de aluna durante avaliação física

'Achei que era correspondido',diz Personal trainer preso após ‘passa mão nos seios’de aluna durante avaliação física

Em | Da Redação

Atualizado em

‘Achei que era correspondido’,diz Personal trainer preso após ‘passa mão nos seios’de aluna durante avaliação física
Personal trainer Bruno Fidelis é preso suspeito de crime sexual, em Caldas Novas — Foto: Reprodução/Redes sociais e Divulgação/PM

Acusado de importunação sexual por uma aluna, um personal trainer foi preso, nesta terça-feira (21), na cidade de Caldas Novas, em Goiás. De acordo com a Polícia Militar goiana (PMGO), a vítima mencionou que o homem aproveitou uma avaliação física para tocar nas partes íntimas dela. O mesmo suspeito teria tentado beijá-la.

Prints de conversas foram repassados pela vítima à corporação. “Você passou a mão nos meus peitos, tentou me beijar”, disse ela em um trecho. Questionado sobre o motivo dele ter feito isso, o profissional alegou que “achou que estava sendo correspondido”.

De modo a tentar justificar o caso, o personal pede perdão. “Você é minha aluna mais f0da. Perdoa seu coach. De coração, isso vai acabar comigo. Eu amo minha família, meu trabalho. Eu admito, perdoa. Não posso perder tudo por um engano meu”, detalhou o homem.

A corporação mencionou ainda que o homem coagiu a mulher para que ela não o denunciasse. A prisão foi realizada no momento em que ele se deslocava à residência da vítima, segundo informações divulgadas pelo jornal Metrópoles.

Personal trainer Bruno Fidelis é preso suspeito de crime sexual, em Caldas Novas — Foto: Reprodução/Redes sociais e Divulgação/PM

Personal trainer Bruno Fidelis é preso suspeito de crime sexual, em Caldas Novas — Foto: Reprodução/Redes sociais e Divulgação/PM

Deixe sua opinião

Advertisements
20 - Banner Threads