Nos siga nas redes sociais

Brasil

Mãe de quatro filhos é morta , e marido policial é suspeito

Logo após ferir as três pessoas, o PM atirou contra si mesmo.

Publicado em

às

O PM Leandro Alves matou a mulher, Priscila da Veiga Freitas, e foi autuado em flagrante por feminicídio Foto: Reprodução / Facebook

Uma tragédia abalou uma família de São Gonçalo, no Rio de Janeiro, após um Policial Militar ser autuado em flagrante por suspeita de feminicídio contra a sua mulher e por atirar contra os sogros. O crime aconteceu na casa da família, localizada no bairro Zé Garoto, na madrugada de quarta-feira, dia 23. O cabo Leandro Alves de Siqueira, de 37 anos, teria atirado em Priscila da Veiga Freitas, de 32 anos, e ainda baleado os sogros Valéria Vieira da Veiga, de 54 anos, e Marcelo de Almeida, de 43.

Logo após ferir as três pessoas, o PM atirou contra si mesmo. Priscila foi enterrada na própria quarta-feira no Cemitério Municipal de São Gonçalo, em uma cerimônia que contou apenas com amigos e alguns familiares. Internados em locais diferentes, a mãe dela e o padrasto não puderam comparecer ao adeus à mulher, que deixou quatro filhos.

Foto: Reprodução / Facebook

Valéria da Veiga está hospitalizada no Hospital estadual Alberto Torres desde a quarta-feira, assim como o PM. Segundo a Secretaria estadual de Saúde, seu quadro se agravou nesta sexta-feira, dia 25. Já o cabo Leandro Alves encontra-se estável e sob custódia. Marcelo de Almeida foi levado para o Pronto-Socorro de Municipal, onde também segue internado.

A Delegacia de Homicídios de Niterói e São Gonçalo já iniciou uma investigação. O PM foi atuado em flagrante por suspeita de feminicídio e suspeita de tentativa de homicídio contra os sogros. A Polícia Civil disse que aguarda a alta médica do PM e das outras duas vítimas sobreviventes para ouvi-los.

Em paralelo, a Corregedoria da Polícia Militar, através da 4ª Delegacia de Polícia Judiciária Militar (Méier), também esteve no local do fato, que foi isolado para perícia, e vai investigar o cabo na esfera militar, Leandro Alves era lotado no 7ºBPM (São Gonçalo), que foi chamado para atender a ocorrência na quarta-feira.

Continue Reading
Publicidade
Clique para comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Copyright © 2013 - 2021 PortalPE10 | O Portal que faz a Diferença.