Nos siga nas redes sociais

Cotidiano

Lutadora de jiu-jítsu é baleada na cabeça na própria festa de aniversário e morre no Hospital

Três suspeitos de matar Patrícia da Cunha Leite foram presos em flagrante.

Publicado

em

ás


A lutadora de jiu-jítsu Patrícia da Cunha Leite, de 24 anos, morreu no fim da tarde deste domingo (27), horas após ser baleada na cabeça durante a própria festa de aniversário, na Zona Sul de Manaus.

Patrícia estava internada no Hospital e Pronto-Socorro João Lúcio, na Zona Leste da capital. A morte dela será investigada pela Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS).

O crime ocorreu na madrugadadeste domingo. Segundo a Polícia Civil, por volta das 3h, policiais militares receberam uma denúncia de que três homens em um carro modelo Corsa estariam cometendo assaltos pelo Japiim. Em diligência, a PM conseguiu identificar os suspeitos próximo à Avenida Tefé, na Zona Sul da capital.

A PM também recebeu a denúncia de que o trio estaria envolvido em uma tentativa de homicídio momentos antes da abordagem.

A Polícia Civil informou que os três chegaram no local onde Patrícia estava comemorando o aniversário, e anunciaram o assalto. Em um certo momento, um dos suspeitos perguntou pela lutadora. Após ninguém responder, um deles reconheceu a vítima e efetuou três disparos na cabeça da lutadora.

Os três suspeitos foram presos e levados ao 1º Distrito Integrado de Polícia (DIP). Com eles, foram apreendidos objetos roubados, além de um simulacro de arma de fogo. A arma utilizada no crime não foi encontrada com o trio.

Um deles, de 33 anos, já respondia em liberdade por um homicídio ocorrido em maio de 2009. Eles permanecem na sede do 1º DIP até esta segunda-feira (28), quando serão encaminhados a uma audiência de custódia.

Continue Reading
Publicidade
Clique para comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Copyright © 2013 - 2021 PortalPE10.