Nos siga nas redes sociais

Esportes

Luiz Besouro aplica cotoveladas ilegais e chora ao ser desqualificado no UFC

Brasileiro fazia estreia no Ultimate e foi eliminado por golpe ilegal.

Publicado em

às

Luiz Besouro chora após ser desqualificado no UFC Cingapura

2014 começou com tudo para o UFC. Em uma luta eletrizante, Tarec Saffedine venceu Hyun Gyu Lim por decisão Unânime, no UFC de Cingapura. Pouco antes, o brasileiro Luiz Besouro também fez sua estreia no Ultimate, mas acabou sendo desqualificado após aplicar cotoveladas ilegais ainda no primeiro round.

Luiz Besouro aplica cotoveladas ilegais e perde por desqualificação.

Depois de ter sido eliminado do TUF Brasil 2, por conta de uma lesão, Luiz Besouro esperou quase oito meses para estrear no Ultimate. Mas, a primeira luta na organização não foi como ele esperava. O brasileiro foi eliminado no primeiro round por aplicar cotoveladas ilegais no japonês Kiichi Kunimoto, em duelo válido pelos meio-médios. A luta começou com o brasileiro mostrando disposição e indo para cima com cruzados. Na metade do primeiro round, Kunimoto acertou uma sequência e obrigou Besouro a ir para o clinch. A luta foi para a grade e Besouro acabou desferindo cotoveladas na nuca do japonês. O juiz percebeu o golpe ilegal e interrompeu a luta desclassificando besouro, que chorou muito após a decisão.

Saffedine abusa dos low kicks, quase toma virada, mas vence em estreia no UFC.

O Belga Tarec Saffedine dominou quase todo o combate contra o guerreiro sul-coreano Hyun Gyu Lim, mas  levou um susto no fim do quinto round que quase lhe custou a vitória. O último campeão meio-médio do Strikeforce aplicou low kicks durante todo o duelo e derrubou o asiático diversas vezes. No primeiro assalto, o mais equilibrado, Lim até que se destacou acertando boas sequências e uma joelhada no peito do adversário. Saffedine se resumiu a alguns jabs. Mas, no segundo round, o europeu se libertou e começou a chutar baixo, na perna esquerda de Lim. Os chutes surtiram efeito no terceiro round, quando o asiático veio ao chão.

O quarto round se resumiu aos chutes baixos de Saffedine e a Lim levantando todas as vezes. Saffedine não aproveitava a vantagem em pé e ia para a luta no solo quando o sul-coreano caia. Isso dava chance para Lim se recuperar e continuar no combate, que se estendeu até o quinto round, quando o asiático deu um susto em Saffedine no final do duelo, quando acertou uma sequência de socos e joelhadas, que quase derrubaram o belga. Lim partiu para cima no fim, mas Saffedine clinchou e segurou o ímpeto do rival. No fim, vitória de Saffedine por decisão unãnime.

Tatsuya Kawajiri vence Sean Soriano com mata-leão

No coevento da noite do UFC Cingapura, o japonês Tatsuya Kawagiri finalizou Sean Soriano no segundo round da luta. O duelo entre os pesos-pena começou com o japonês mostrando qual seria sua estratégia: levar para o chão. Ele tentou duas vezes e não obteve sucesso. Mas na terceira tentativa, Tatsuya levou para baixo e buscou a finalização, que não veio. No segundo assalto, o japonês quedou Soriano no início da luta, foi para as costas e aplicou o mata-leão. O americano não bateu e acabou apagando aos 50 segundos.

Kyung Ho Kang finaliza Shunichi Shimizu no duelo asiático do card principal

Apesar do evento ter acontecido em Cingapura, na China, apenas um duelo entre asiáticos aconteceu no card principal. O sul-coreano Kyung Ho Kang encarou o japonês Shunici Shimizu na categoria peso-galo. Kang sofreu uma penalização de dois pontos no início do duelo por ter acertado cotoveladas perpendiculares em Shimizu. Mas apesar disso, conseguiu encaixar um katagatame e obrigou o japonês a bater e encerrar a luta, aos 3m53s do terceiro assalto.

Continue Reading
Publicidade
Clique para comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Copyright © 2013 - 2021 PortalPE10 | O Portal que faz a Diferença.