Nos siga nas redes sociais

Entretenimento

Justiça reduz pensão de viúva de Gugu para 10 mil dólares mensais

Desembargador do Tribunal de Justiça de São Paulo entendeu que valor de US$ 10 mil é razoável caso reconhecida a união estável entre Rose Miriam di Matteo e Gugu Liberato, segundo a defesa.

Publicado em

às


O Tribunal de Justiça de São Paulo (TJ-SP) fixou em 10 mil dólares mensais a pensão que Rose Miriam di Matteo deve receber caso seja reconhecida sua união estável com Gugu Liberato, segundo o advogado da viúva.

A nova decisão representa uma redução no valor determinado em primeira instância, no dia 24 de janeiro, quando a Justiça acatou pedido de pensão de R$ 100 mil mensais. Procurado, o TJ-SP afirma que o caso corre em segredo de Justiça.

A determinação, do desembargador Galdino Toledo Junior, do TJ-SP, foi publicada nesta quarta-feira (5). Questionado sobre a decisão, o advogado de Rose di Matteo disse que não vê a decisão judicial como uma derrota.

“Derrota seria o magistrado dizer que não há direito a nenhuma pensão. Isso apenas quer dizer que o juiz entendeu que, por ora, US$ 10 mil bastam e que Rose, uma vez reconhecida a união estável, terá direito a 50% de tudo. Não tenho dúvida nenhuma que ela tem esse direito”, afirma Nelson Williams, advogado.

Em 24 de janeiro, a defesa de Rose Miriam anunciou que uma decisão liminar (provisória) determinou que Rose Miriam terá direito a uma pensão mensal. Os advogados de Rose pedem ainda que seja reconhecida sua união estável com o apresentador que morreu em novembro do ano passado.

Continue Reading
Publicidade
Clique para comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Copyright © 2013 - 2021 PortalPE10 | O Portal que faz a Diferença.