Nos siga nas redes sociais

Cotidiano

Incidência de aids aumenta 170% em Caruaru em cinco anos

Pela primeira vez, ao longo de 17 anos, o número dos casos de HIV/aids alcançou três dígitos na cidade de Caruaru.

Publicado

em

ás

Em 2014, foram 111 casos registrados – 89 a mais do que em 1997, quando foi notificado o primeiro caso de HIV/aids na cidade. Outro detalhe que chama atenção é a evolução das notificações em cinco anos. Em 2009, foram registrados 41 pessoas vivendo com HIV/aids em Caruaru, o que mostra um crescimento de 170% dos novos casos, em comparação com 2014. Os dados são da Secretaria Municipal de Saúde.

A título de comparação, houve queda de 12,8% na incidência na capital pernambucana. Foram 448 casos em 2008, e 391 em 2014, segundo a Secretaria de Saúde do Recife.

Infográfico: Ana Carolina Soriano/Editoria de Artes - JC

“As pessoas parecem ainda estar autoconfiantes. Há quem ainda não ache necessário usar preservativo durante as relações sexuais porque acredita que só quem pega HIV é o vizinho. Além disso, o abuso de bebida alcoólica pode contribuir com o aumento no número de casos. Sabemos que, quando a pessoa está embriagada, deixa o preservativo de lado ou o usa de forma incorreta”, explica a coordenadora de Doenças Sexualmente Transmissíveis, Aids e HIV de Caruaru, Scheyla Maria Silva Gonçalves.

A tendência é que, na cidade, o ano de 2015 também feche com uma maior incidência de HIV/aids, pois já foram registrados 61 casos até 31 de maio – apenas quatro casos a menos do que todo o ano de 2011.

Em Caruaru, as atividades de prevenção, diagnóstico e assistência são realizadas através do Centro de Testagem e Aconselhamento (Coas/CTA) e do Centro de Saúde Amélia de Pontes – Serviço de Atenção Especializada (SAE), ambos no Centro da cidade. Mais informações: 81 3701-1428.

Continue Reading
Publicidade
Clique para comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Copyright © 2013 - 2021 PortalPE10.