Nos siga nas redes sociais

Cotidiano

Hospitais e médicos passam a ter selo de qualificação

Segundo ANS, objetivo é ampliar o poder de avaliação e de escolha por parte dos beneficiários

Publicado em

às

As operadoras de planos de saúde passaram a ter a obrigação de divulgar informações referentes à qualificação dos profissionais e estabelecimentos de saúde que fazem parte de suas redes credenciadas, por meio de selos de referência. Apesar da medida já estar valendo, as operadoras deverão disponibilizar esse tipo de informação em até 90 dias, conforme informou o diretor regional da Associação Brasileira de Medicina de Grupo (Abramge), Flávio Wanderley. Ele diz que as empresas já dispõem dessas informações, que são colhidas no momento da contratação dos prestadores de serviço, mas que, para disponibilizá-las ao público, dependem dos seus sistemas de informática e operacional. Wanderley avalia como positiva a nova regra. “É bom para todo mundo, pois, dessa forma, os planos vão mostrar a qualificação dos profissionais e serviços que oferecem. E isso fortalece a rede prestadora que vai procurar cada vez mais mostrar serviço e diferenciação através da qualificação”, comentou.

Segundo a Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS), no material de divulgação de cada médico vinculado ao plano, deverá vir as informações sobre especialização ou, no caso de um hospital, o certificado de acreditação, no caso deste possuir um. O livro de convênio e a página da operadora na internet deverão ter o ícone relativo a esses atributos nas listas de sua rede prestadora de serviços de saúde.

A ANS informa que a medida tem como objetivo ampliar o poder de avaliação e de escolha por parte dos beneficiários, destacar os atributos que diferenciam os prestadores e ainda estimular a adesão destes profissionais e estabelecimentos de saúde a programas que melhorem seus desempenhos e os qualifiquem. Para Wanderley, a iniciativa é importante também para deixar claro que os serviços contratados através de planos de saúde têm diferentes níveis de qualidade e, portanto, de preços. “Um hospital acreditado não pode ter o mesmo valor daquele que não tem. Isso também vale para o profissional médico que tem especialização, pós-graduação etc”, disse. Ele avalia ainda, que a medida ajudará a reduzir a resistência que clientes têm em mudar de médicos com os quais estão acostumados. Sabendo da qualificação do médico, o paciente terá menos receio em trocar de profissional.

Com JC 

Continue Reading
Publicidade
Clique para comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Copyright © 2013 - 2021 PortalPE10 | O Portal que faz a Diferença.