Nos siga nas redes sociais

Política

Evangélicos abandonam Everaldo e já vão de Marina no primeiro turno

Nos templos da Assembleia de Deus, o que mais se ouve é: “Irmão por irmão, votem em quem pode ganhar a eleição”

Publicado em

às

Brasil Econômico

Pastores, fiéis e, inclusive, candidatos evangélicos de igrejas que apoiam oficialmente o presidenciável Pastor Everaldo (PSC) já abandonaram o candidato para votar em Marina Silva (PSB) no primeiro turno. Marina e o Pastor Everaldo são seguidores da Assembleia de Deus. Nos templos da denominação evangélica – a maior do País, com 12,3 milhões de fiéis, segundo o Censo do IBGE de 2010 -, o que mais se ouve hoje é o slogan: “irmão por irmão, votem em quem pode ganhar a eleição”.

Everaldo tinha 3% dos índices de intenção de voto no dia 15 de agosto, segundo o Datafolha, e caiu agora para 1%. “Se os evangélicos representam 22% da população brasileira, é fácil constatar que os fiéis não estão votando nele”, admite um seguidor do presidenciável.

Pastores e candidatos evangélicos da Assembleia e de outras denominações, além de candidatos a deputado que concorrem pelo PSC, anunciam o voto em Marina no primeiro turno, reservadamente, para não criarem constrangimentos a Everaldo. “Ele era a opção. Mas aí surgiu a candidatura de Marina, uma outra irmã. E a onda Marina veio forte também no meio evangélico”, relata um candidato.

A Assembleia de Deus é dividida em dois ramos: os ministérios Belém e Madureira. Há também a Assembleia de Deus Vitória em Cristo, de Silas Malafaia. Os três grupos declararam apoio a Everaldo. O ministério Belém e a Vitória em Cristo já anunciaram o voto em Marina no segundo turno, enquanto o ramo Madureira avisou que, oficialmente, irá de Dilma. O líder desse grupo, Manoel Ferreira, é suplente do candidato a senador do PT no DF, Geraldo Magela.

[veja_tambem]

Continue Reading
Publicidade
Clique para comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Copyright © - 2022 PortalPE10 | O Portal que faz a Diferença.