Nos siga nas redes sociais

Política

Encontro do PSB no interior do Estado vira palanque para Eduardo Campos

“O Brasil não quer mais Dilma”, afirmou o governador

Publicado em

às

Foto: Salatiel Cícero/cortesial
Foto:Salatiel Cícero/cortesia

A agenda do PSB pelo interior do Estado para apresentar a chapa do partido à sucessão estadual acabou servindo de palanque, também, para a candidatura presidencial do governador Eduardo Campos (PSB). “Vamos começar aqui em Nazaré da Mata e na Mata Norte de Pernambuco a caminhada que daqui a sete meses levará a Brasília e ao Palácio do Planalto Eduardo Campos, o futuro presidente do Brasil”, afirmou o deputado federal Raul Henry (PMDB) em um de seus discursos.

O próprio governador aproveitou o contato com a população para disparar novas críticas contra o governo da presidente Dilma Rousseff (PT), sua adversária nas eleições deste ano. “O Brasil não quer mais Dilma”, afirmou o governador na mesma cidade. “Venho alertando, desde 2011, que o Brasil cresce pouco. Cresce metade do que vimos no governo Lula. Mais de 60% dos brasileiros estão decepcionados com a atual gestão”, disse mais cedo, em Palmares.

“Nós estamos fazendo história no Brasil”, arrematou Raul Henry. Já o ex-ministro da Integração Nacional Fernando Bezerra Coelho chegou a afirmar que o ex-presidente Lula (PT) ficará feliz ao saber que Campos será o presidente em 1º de janeiro de 2015.

Foto: Salatiel Cícero/cortesia

Além de Palmares e Nazaré da Mata, a primeira rodada da Agenda 40 inclui ainda uma passagem por Paulista, na Região Metropolitana, neste domingo (9). O ato ocorre às 8h no Espaço Litoral Recepções, em Pau Amarelo.

Em Palmares, o ato ocorreu no Hotel dos Poetas e contou com a presença do prefeito do Recife, Geraldo Julio (PSB). Já em Nazaré da Mata, o local escolhido foi o Pesque e Pague Pedregulho, às margens da BR-408. A promessa do partido é voltar à cidade em maio.

Além de apresentar a chapa da Frente Popular, os encontros da Agenda 40 também têm o objetivo de discutir as diretrizes para elaboração do programa de governo da sigla. “Vamos ouvir as pessoas, agregar gente, trazer mais pessoas dispostas a colaborar e apresentar propostas. As pessoas não querem mais brigas, intrigas. As pessoas querem trabalho”, afirmou Câmara.

Continue Reading
Publicidade
Clique para comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Copyright © 2013 - 2021 PortalPE10 | O Portal que faz a Diferença.