Nos siga nas redes sociais

Cotidiano

Em Recife faixa de pedestre mais chamativa e segura para os pedestres

Nova sinalização, feita de um material chamado elastoplástico, é vermelha e branca

Publicado

em

ás

Para chamar mais atenção dos motoristas e oferecer uma maior segurança aos transeuntes, a Companhia de Trânsito e Transporte Urbano do Recife (CTTU) implantou, no último dia 24, uma faixa de pedestres de cores diferentes num sinal de pedestre localizado entre a rua 7 de Setembro e a avenida Conde da Boa Vista, área Central do Recife. A nova sinalização, feita de um material chamado elastoplástico, é vermelha e branca e, além de ser mais chamativa, ela reflete na frente dos faróis dos veículos.

O órgão municipal vai avaliar como o material se comporta no pavimento para só então, aplicar ou não no restante da Cidade. Segundo a CTTU, a nova sinalização horizontal tem uma durabilidade maior e é implantada de forma mais rápida que a utilizada hoje. No local do teste, uma faixa de pedestres feita do material utilizado, atualmente, pela Companhia seria feita, em média, em duas horas.

A faixa feita de Elastoplástico é implantada em 30 minutos, liberando a via imediatamente, pois o material não precisa de secagem. Há seis anos a CTTU utiliza a mesma tecnologia na pintura de símbolos no pavimento, mas ela nunca foi usada em faixas de pedestres. O órgão municipal também ressalta que essa faixa é apenas um “reforço”, e que todos os motoristas devem parar antes de qualquer faixa de pedestre.

O teste agradou a estudante de direito Evelyn Rocha, de 22 anos. “Na condição de pedestre, acho que será bastante útil, pois os motoristas poderão nos enxergar melhor e, espero, nos respeitar mais”, disse. Para o motociclista Raoni Veríssimo, 24, a cor vermelha da faixa teste pode fazer a diferença no dia a dia do Recife e diminuir a quantidade de acidentes. “Se não fosse o vermelho, seria branco com a cor do pavimento e não seria tão perceptível assim”, observou.

Apesar de ter sido aplicada recentemente no Recife, a faixa de pedestre feita de Elastoplástico não é novidade em alguns lugares do País. Ela já foi implantada em cidades de intensa circulação de veículos, como em Vitória, capital do Espírito Santo, desde 2012, e em Curitiba e Balneário Camboriú, desde 2013. A película antiderrapante, que tem cerca de 1,5 milímetros de espessura, tem uma elevada resistência a agentes atmosféricos e, por isso, demora entre três e quatro anos para se desgastar, com tráfego superior a 20 mil veículos por dia. Já a faixa pintada, utilizada atualmente no Recife, fica visível por, aproximadamente, seis meses.

Continue Reading
Publicidade
Clique para comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Copyright © 2013 - 2021 PortalPE10.