Nos siga nas redes sociais

Esportes

Depois do susto, Arena da Baixada mostra avanços

Telão é instalado, gramado é plantado e situação da obra fica menos temerária

Publicado em

às

As obras na Arena da Baixada, em Curitiba, em 24 de fevereiro

Pela primeira vez desde o inicio da reforma da Arena da Baixada, o Atlético-PR permitiu a entrada de fotógrafos, cinegrafistas e repórteres no canteiro de obras da sede paranaense da Copa do Mundo. A visita, na segunda-feira, aconteceu exatamente uma semana depois do anúncio da manutenção do estádio entre os palcos do torneio. Depois da preocupação com o risco de corte da arena, os responsáveis pela obra enfim conseguiram mostrar avanços concretos nos trabalhos – que foram reforçados desde a ameaça de exclusão feita pela Fifa, com mais operários em ação e mais dinheiro injetado na obra. Desde o voto de confiança de Jérôme Valcke na semana passada, um telão foi instalado e o gramado foi plantado. Além disso, houve avanços significativos na finalização da cobertura e na instalação das cadeiras, duas tarefas consideradas prioritárias na atual fase dos trabalhos. A 107 dias para a abertura da Copa, a reforma da Arena da Baixada chegou a 94% de conclusão. O número de operários no canteiro de obras passou de 980 para cerca de 1.500. As obras começaram há 27 meses, em novembro de 2011.

As obras na Arena da Baixada, em Curitiba, em 24 de fevereiro

O estádio de Curitiba é o mais atrasado entre os quatro que ainda não foram entregues. Além de apresentar a evolução da obra, o Atlético divulgou a data do primeiro evento-teste pedido pela Fifa. Em 23 de março, duas equipes ainda não definidas jogarão diante de um pequeno público formado exclusivamente por convidados, possivelmente operários e seus familiares. A participação da equipe principal num jogo oficial foi descartada. Em abril, outro jogo-teste deve ser realizado. Os engenheiros já falam em entregar o estádio antes do fim do prazo final estabelecido pela Fifa, 15 de maio. Essa data é considerada absolutamente inegociável, já que o Mundial começa pouco mais de um mês depois. Os responsáveis falam em concluir a obra em 30 de abril. Até lá também deverá ser divulgado o custo final da obra, que vem sendo calculado numa auditoria. Na Copa, a Arena da Baixada receberá quatro jogos da primeira fase: Irã x Nigéria (16/6), Honduras x Equador (20/6), Austrália x Espanha (23/6) e Argélia x Rússia (26/6).


 

Continue Reading
Publicidade
Clique para comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Copyright © 2013 - 2021 PortalPE10 | O Portal que faz a Diferença.