Nos siga nas redes sociais

Cotidiano

Conheça o iate de luxo apreendido pela Polícia e que será leiloado;Bens apreendidos valem cerca de R$ 20 milhões, diz polícia

Apreensões de iate, helicópteros e carros aconteceram na quinta-feira (30). Dentro das celas onde estão os presos da Operação Mar Aberto, foram encontrados R$ 3 mil.

Publicado em

às

A Polícia Civil de Pernambuco vai tentar leiloar o maior iate do Nordeste para ajudar a ressarcir os cofres públicos do prejuízo causado pelo esquema de sonegação que levou à prisão cinco integrantes da família Pinteiro, uma das mais ricas do estado. Avaliado em R$ 15 milhões, o barco de luxo foi apreendido em uma marina na Paraíba durante a segunda fase da Operação Mar Aberto, e levado até o Porto do Recife, onde atracou nesta sexta-feira (31).

Com 115 pés de comprimento – o equivalente a 35 metros -, o iate Siaggia está do nome de um proprietário de fachada, mas, segundo a polícia, a embarcação pertence aos Pinteiro. Com ampla sala climatizada, dois pavimentos, suítes e até lavanderia, o Siaggia era utilizado pelos integrantes da família em passeios pelo litoral nordestino.

Helicóptero foi apreendido pela Polícia Civil na quinta-feira (30), na segunda fase da Operação Mar Aberto â?? Foto: Polícia Civil/Divulgação

A Polícia solicitou à Justiça a alienação do iate, além de dois helicópteros, seis carros de colecionador e uma Ferrari que estava sendo desmontada. Todos esses bens pertenciam à família e tiveram a propriedade ocultada em nome de terceiros, segundo os investigadores. Na prática, a alienação, caso seja concedida, vai transferir os bens apreendidos para o Estado, que, só assim, poderá leiloar o barco, os helicópteros e os carros.

Na primeira fase da operação, realizada no dia 9 de maio, nove pessoas foram presas, incluindo cinco integrantes da família Pinteiro: o empresário José Pinteiro Neto, o filho, José Pinteiro, conhecido como Jopin, um DJ conhecido nas baladas do Recife, Andréa Pinteiro e Victória Pinteiro, mãe e irmã de Jopin, e Aníbal Pinteiro, primo do DJ e produtor de eventos no Recife. Os outros quatro presos foram Adriana Vieira Bandeira de Melo (cunhada do empresário), Rômulo Robérico Tavares Ramos, Patrícia de Lima Oliveira e Matheus Felipe Fonseca do Nascimento.


O grupo foi responsável por um desvio de R$ 65 milhões dos cofres públicos. Além das prisões, os agentes sequestraram uma grande quantidade de itens de valor. Foram 34 carros de luxo (incluindo modelos como Ferrari e Maserati), 15 imóveis e quatro embarcações apreendidas, além de R$ 45 mil, relógios e canetas encontrados na casa de José Pinteiro Neto.


Continue Reading
Publicidade
Clique para comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Copyright © 2013 - 2021 PortalPE10 | O Portal que faz a Diferença.