Nos siga nas redes sociais

Cotidiano

Cezzinha nega agressão, mas se recusa a comentar acusações

Em Coletiva o cantor apenas respondeu perguntas que envolviam as declarações da cantora Elba Ramalho

Publicado em

às

O cantor e sanfoneiro Cezzinha negou, em coletiva de imprensa realizada nesta quarta (12), as acusações de agressão feitas contra ele pela advogada Fabiana Fernandes. Cezzinha, que por vezes aparentou estar nervoso, estava com uma camiseta sem mangas e abriu a coletiva sorridente, declararando: “Estou me sentindo um pop star”. Em seguida, leu um comunicado oficial.

Ele se negou a responder à imprensa qualquer pergunta que envolvesse o caso da advogada Fabiana Fernandes, segundo seu advogado, a fim de preservar suas provas de sua inocência. Em seu pronunciamento, Cezzinha declarou esta sendo vítima de calúnia. “Gostaria de deixar muito claro que estou sendo vítima da violência e leviana atitude de uma pessoa, que, sem qualquer exposição da verdade, não está dispensando esforços para me atingir, forjando testemunhos, mudando a realidade dos fatos e me submetendo a um constrangimento que somente as pessoas que passam por isso sabem”, disse. Ele afirmou ainda que quando a verdade for revelada, tomará as decisões cabíveis contra as acusações. “A minha inocência estará comprovada, ocasião que tomarei medidas cíveis e criminais contra a pessoa que tenta me destruir”. 

No entanto, indagado sobre as declarações cantora Elba Ramalho, com quem teve um relacionamento de três anos, sobre agressões mútuas, em um vídeo compartilhado no fim de 2012, ele declarou que a cantora fez uma colocação infeliz, que o que acontecia eram discussões normais de casal. Cezzinha argumentou também que se tivesse realmente agredido a cantora, estaria preso ou teria alguma queixa contra ele envolvendo o assunto. “Fui seu namorado, sou seu amigo e eterno admirador. Lamento que a nossa história de vida esteja servindo a pessoas que querem o mal, e interpretada de forma errônea”, disse o cantor em sua declaração oficial. 

O cantor estava acompanhado do advogado Arnaldo Escorel, que também se pronunciou durante a coletiva, auxiliando nas respostas relacionadas às declarações do vídeo de Elba. Em nenhum momento da coletiva ele citou as acusações da advogada, apenas disse que jamais agrediu Fabiana.

O sanfoneiro acrescentou que Elba ligou para ele durante o dia para prestar total apoio. Elba Ramalho, em nota oficial enviada à imprensa, pede respeito por seu testemunho de fé. “O testemunho de vida dado por mim a uma comunidade religiosa, e divulgado na internet, merece respeito. E não pode ser utilizado com qualquer propósito que não seja o bem.  Muito menos, como uma arma contra qualquer pessoa ou situação. Ao contrário, é um testemunho professado pela fé, que busca a redenção e a reconciliação com Deus.  Deve servir para converter e motivar as pessoas a uma busca de autoconhecimento, da saúde espiritual e da paz interior. Não tenho nada contra Cezzinha, uma história de amor no passado e, hoje, um amigo querido”, disse Elba na nota.

Entenda o caso

Cezzinha foi acusado pela advogada Fabiana Fernandes – que afirma ter sido namorada do músico por nove meses – de tê-la agredido várias vezes e que os atos só aconteciam depois que o cantor consumia bebida alcoólica. Segundo a denúncia, as agressões começaram em outubro de 2013 e a última delas ocorreu em janeiro, quando a advogada prestou queixa na delegacia da mulher. O exame de corpo e delito feito pela a advogada ficou pronto hoje (12), mas o resultado ainda não foi divulgado. O processo segue em sigilo no Tribunal de Justiça. 

O fato tomou proporções maiores após a descoberta de um vídeo religioso no YouTube, no qual Elba Ramalho declara ter sido agredida pelo cantor e que muitas vezes as agressões eram mútuas.

Com LeiaJá

 

 

Continue Reading
Publicidade
Clique para comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Copyright © 2013 - 2021 PortalPE10 | O Portal que faz a Diferença.