Nos siga nas redes sociais

Esportes

Cambista oferece ingressos para final do Estadual pelo Facebook e revolta torcida

Ele possui 92 ingressos para o jogo; as entradas para a torcida do Sport se esgotaram nas bilheterias em menos de 24 h

Publicado

em

ás

Um homem ofereceu, no início da tarde desta segunda-feira (21), um lote de ingressos para a partida entre Náutico e Sport, válida pelas finais do Campeonato Pernambucano de Futebol, em um grupo do Facebook destinado a torcedores rubro-negros. A partida, cujos ingressos (6.400, ao todo – 5.600 na Ilha do Retiro e 800 pela Internet ) para a torcida leonina se esgotaram em menos de 48 horas. Vale ressaltar que era permitido a venda de apenas quatro ingressos por torcedor. 

O anúncio causou furor entre os membros do grupo, que conta, atualmente, com mais de 24 mil membros. Uma minoria, que não conseguiu comprar sua entrada para o clássico, demonstrou um ávido interesse em garantir, mesmo de forma ilícita (a prática de cambismo é crime previsto pelo Estatuto do Torcedor) seus bilhetes, mas a grande maioria dos demosntrou indignação e repúdio ao “torcedor”, que postou duas fotos dos ingressos e afirmou que possuía nada menos que 92 entradas à disposição.

Venda de ingressos provocou grande movimentação entre a torcida rubro-negra nas redes sociais

Tanto a procura quanto a revolta entre os torcedores da página, se deve à grande expectativa gerada pela vantagem adquirida na primeira partida, quando o Sport venceu o rival pelo placar de 2×0 e construiu uma vantagem que lhe permite ser campeão mesmo empatando o jogo, que acontece às 22h desta quarta-feira (23) na Arena Itaipava. Outros fatores motivacionais para os torcedores rubro-negros é a oportunidade de quebrar um jejum de três anos sem conquistar o título estadual (O Santa Cruz levantou a taça nos anos de 2011, 2012 e 2013), bem como a conquista do Tricampeonato da Copa do Nordeste.

Procurado para esclarecer quaisquer irregularidades nas vendas de ingressos nas bilheterias da Ilha do Retiro, o vice-presidente jurídico do Sport Club do Recife, o Dr. Arnaldo Barros, pessoa recomendada pela assessoria de comunicação do clube para falar sobre o assunto, não atendeu nenhuma ligação até o momento.

Já o Cel. Genivaldo Cerqueira, superintendente do Leão, entrou em contato com nossa reportagem e afirmou que a responsabilidade pela venda de ingressos é do mandante. “Nós apenas cedemos as instalações, quem fica nas bilheterias e vende os ingressos são funcionários do clube mandante. Se houve irregularidade, o Náutico e a administração da Arena é quem devem responder. Esse procedimento é uma prática que visa evitar justamente eventuais problemas entre os clubes”, declarou.


Continue Reading
Publicidade
Clique para comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Copyright © 2013 - 2021 PortalPE10.