Nos siga nas redes sociais

Cotidiano

Bolsa com explosivos é achada nos escombros de banco em Barreiros

Ataques com reféns ocorreram na madrugada desta quinta (13), atingindo cinco terminais eletrônicos.

Publicado

em

Uma bolsa com explosivos foi encontrada nos escombros da agência da Caixa Econômica Federal que foi explodida, na madrugada desta quinta-feira (13), em Barreiros, na Zona da Mata Sul de Pernambuco, distante 102 quilômetros do Recife. O esquadrão antibombas da Polícia Federal já foi acionado de acordo com o tenente Alexandre Menezes do 10° Batalhão da Polícia Militar.

De acordo com a polícia, cerca de 30 homens chegaram em vários carros e se dividiram para uma série de ataques. “Eles fizeram apenas destruir os cinco terminais eletrônicos. Levaram apenas dois revólveres calibre 38 e um colete a prova de balas”, disse o perito criminal Ciro José ao concluir a observação da agência da Caixa Econômica Federal.

A ação criminosa começou por volta das 3h. Alguns homens efetuaram disparos usando armas de grosso calibre e unidades da polícia e arrombaram duas lojas de telefonia móvel e uma de cosméticos, ao lado da prefeitura da cidade. Outros explodiram cofre interno da Caixa Econômica Federal e tentaram explodir cinco dos sete caixas eletrônicos do Bradesco, mas sem exito, as duas agências estão localizadas no centro da cidade.

Durante a ação o grupo fez de refém as pessoas que encontravam pelo caminho: “Algumas delas foram obrigadas a deitar no chão, outras algemadas e eles também fizeram um cordão de isolamento com os reféns”, comentou o tenente Alexandre.

O carro abandonado pelos assaltantes e resgatado pela polícia tinha apenas a capa da metralhadora, uma barra de ferro que usaram para abrir as lojas e três caixas de cosméticos. Os donos da franquia estavam no local, mas não quiseram comentar o caso. Disseram apenas que aquilo não era nada se comparado ao prejuízo, ainda não estimado.

Imagens de um carro queimado fechando uma das vias de acesso a Barreiros foram disponibilizadas pela Polícia Federal. Peritos foram até o local colher indícios que ajudem na identificação dos criminosos.

Acesso
Para impedir o acesso a cidade o grupo colocou grampos, troncos de árvores e veículos incendiados nas entradas da cidade. O motorista Clessio Barreto, que presta serviço para as duas lojas de telefonia arrombadas, comentou a situação encontrada: ” As lojas estão totalmente destruídas. Inclusive, em uma delas acredito que eles deram marcha ré no carro e arrombaram a loja. A outra tudo indica que foi com pé de cabra que conseguiram ter acesso. O prejuízo ainda não foi calculado, mas eles levaram aparelhos celulares, caixas de som e assessórios”.

Mais de 40 policiais militares, além do reforço do Batalhão Especializado de Policiamento do Interior (BEPI) e da Companhia Independente de Operações Especiais CIOE, para checar a possibilidade de explosivos na Caixa Econômica Federal, estão realizando buscas na região. Um dos carros utilizados na ação foi recuperado pela polícia, dentro dele foram encontradas uma alavanca, motosserra e rádios de comunicação.

Nota oficial
Na manhã desta quinta (13), a Polícia Civil emitiu uma nota sobre estas e outras ações criminosas ocorridas nas últimas horas no interior do estado. De acordo com a nota, agências bancárias das cidades de Iati e Jataúba, no Agreste, em Goiana, na Mata Norte, em Barreiros na Mata Sul de Pernambuco e no Cabo de Santo Agostinho, nO Grande Recife, foram atacadas.

“Informamos que todos os procedimentos foram adotados com ações dos policiais do Depatri/ Delegacia de Roubos e Furtos com diligências nas regiões afetadas e instauração de inquérito policial para apurar as circunstâncias e ou ligações entre os grupos criminosos. Também foram realizadas todas as perícias necessárias nos cinco locais”.

De janeiro a setembro deste ano, a Policia Civil através do Depatri/ Delegacia de Roubos e Furtos desarticulou 12 quadrilhas de crimes contra instituições financeiras e prendeu 80 pessoas envolvidas em duas ações com maçarico, três com explosivos, cinco por roubo a banco, um assalto a carro forte e uma por pescaria quando os criminosos avariaram a boca do caixa e usaram um equipamento tipo anzol para pegar envelopes e dinheiro.

No mesmo período a Policia Civil via DRF indiciou 194 envolvidos nos casos citados e encaminhou à Justiça mais 77 inquéritos com autoria definida. Outros detalhes não serão divulgados para não atrapalhar as investigações.

Continue Reading
Publicidade
Clique para comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Copyright © 2013 - 2021 PortalPE10 | O Portal que faz a Diferença.