Nos siga nas redes sociais

Política

Armando Monteiro terá palanque nos 184 municípios

É uma situação muito diferente da que marcou a eleição de Eduardo Campos em 200

Publicado em

às

Como principal candidato de oposição ao Palácio do Campo das Princesas, o senador Armando Monteiro Neto já entra na eleição com a garantia de que irá ter palanque nos 184 municípios pernambucanos. É uma situação muito diferente da que marcou a eleição de Eduardo Campos em 2006 e a de Jarbas Vasconcelos em 2010. Na primeira eleição de Eduardo Campos, ele só conseguiu apoios em todos os municípios no segundo turno. No primeiro, metade das estruturas formais de poder era do então candidato do governo, Mendonça Filho, e a outra metade da aliança PT-PTB que tinha como candidato o ex-ministro da saúde Humberto Costa. Com Jarbas Vasconcelos em 2010 deu-se praticamente a mesma coisa. Ele só conseguiu visitar na eleição cerca de 40 municípios pernambucanos porque nos demais não tinha palanque. As forças políticas municipais, mesmo brigando em nível local, apoiavam Eduardo Campos à reeleição.

 

Jarbas Vasconcelos só conseguiu visitar cerca de 40 municípios na campanha eleitoral de 2010

Um aliado de peso 
Mendonça Filho, líder do DEM na Câmara Federal, conseguiu um apoio de peso à luta que ora empreende na Câmara Federal em prol da instalação da “CPI da Petrobras”: do ex-presidente Fernando Henrique Cardoso. O ex-presidente havia dito, quinta-feira da semana passada, que era contrário à CPI para que o assunto não fosse “partidarizado”. Mas depois mudou de ideia para não enfraquecer o discurso político do senador Aécio Neves, que também é a favor da CPI.

Cobrança – Aliados de Mendonça Filho não tiram a razão do único prefeito que o DEM elegeu em Pernambuco, Felipe Porto (Canhotinho), de querer também ser ouvido sobre os rumos do partido na eleição. Mas, por uma questão de coerência, dizem, ele não poderia jamais votar no PTB para deputado estadual (Álvaro Porto) e no PSDB para deputado federal (Bruno Araújo).

Mapa – O PSB já “mapeou” os municípios sob sua influência cujos prefeitos serão orientados pelo partido a votar em Jarbas Vasconcelos (PMDB) para deputado federal. São cerca de 10.

nComissão – Sílvio Costa (PSC) será o único pernambucano na Comissão Mista do Orçamento que será instalada hoje no Congresso. O presidente será o deputado Devanir Ribeiro (PT-SP).

Marcação – Único candidato a deputado federal do PTB no Sertão do São Francisco, Adalberto Cavalcanti, que é deputado estadual e ex-prefeito de Afrânio, disputará voto a voto em Petrolina com Fernando Filho (foto) e Gonzaga Patriota, ambos do PSB.

Calmaria – Diferentemente de 2012, quando passou por um processo de grandes turbulências, o PT de Pernambuco deu exemplo de maturidade ao decidir, democraticamente, aliar-se ao PTB nas próximas eleições. Os derrotados aceitaram o resultado sem choro nem vela.

Itinerante – Passou na CCJ do Senado uma PEC de autoria do senador João Claudino (PTB-PI) que acaba com o “prefeito itinerante” – aquele que se elege e reelege numa cidade, e depois transfere o domicílio para uma cidade vizinha para buscar o 3º mandato. Isso ocorreu com Yves Ribeiro (PSB) em Pernambuco – eleito em Itapissuma, Igarassu e Paulista, sem interrupção.

Contas – João Paulo (PT) chegou à conclusão de que pode abrir uma larga vantagem na área metropolitana do Recife sobre o seu opositor na disputa pelo Senado, Fernando Bezerra Coelho (PSB), que dificilmente seria suplantada, diz ele, com os votos da Mata, Agreste e Sertão. Sua candidatura ao Senado na chapa do senador Armando Monteiro (PTB) será lançada até o dia 5.

Continue Reading
Publicidade
Clique para comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Copyright © 2013 - 2021 PortalPE10 | O Portal que faz a Diferença.