Nos siga nas redes sociais

Cotidiano

Após pedir renúncia de Dilma, FHC pede que Alckmin e Aécio alinhem discursos

Há duas semanas, aliados de Aécio defenderam a renúncia de Dilma e do vice-presidente Michel Temer, e a convocação de no

Publicado

em

ás

a

Pouco depois de escrever nas redes sociais que uma possível renúncia da presidente Dilma Rousseff seria “um gesto de grandeza”, FHC se reuniu com Aécio Neves e Geraldo Alckmin no seu apartamento em São Paulo e sugeriu que os políticos, que despontam como principais nomes do partido para concorrer à Presidência em 2018, alinhem seus discursos.

De acordo com a Folha de S. Paulo, Fernando Henrique fez uma análise do cenário político e disse que o partido deveria falar a mesma língua ao discutir as alternativas para o país sair da crise.

Há duas semanas, aliados de Aécio defenderam a renúncia de Dilma e do vice-presidente Michel Temer, e a convocação de novas eleições. Alckmin tem se manifestado com cautela e disse que não se aproximará dos atos que pedem queda de Dilma agora, quando ele não teria condições de deixar o governo do Estado para disputar a indicação do PSDB e se candidatar à Presidência.

Logo após o encontro de FHC com Aécio e Alckmin, o senador Aloysio Nunes (SP), que foi vice da chapa de Aécio na eleição presidencial de 2014, subiu à tribuna do Senado e disse que, se um pedido de impeachment fosse submetido hoje ao plenário da Câmara, o PSDB votaria pelo afastamento de Dilma.

Continue Reading
Publicidade
Clique para comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Copyright © 2013 - 2021 PortalPE10.