Nos siga nas redes sociais

Cotidiano

Após denúncias, Ipem-PE notifica padarias por vender ‘pão francês’ por unidade

Portaria do Inmetro determina que venda deve ser feita apenas por quilo.

Publicado em

às

O  Instituto de Pesos e Medidas de Pernambuco (Ipem-PE) alerta os consumidores para o descumprimento de uma norma federal sobre a forma de comercialização do pão francês. A ouvidoria do órgão recebeu, nos últimos dias, denúncias de que padarias no Pina, na Zona Sul doRecife, estão vendendo o produto por unidade. Isso contraria a portaria 146 do Instituto Nacional de Metrologia, Normalização e Qualidade Industrial (Inmetro), de 2006, que obriga o comércio do pãozinho apenas por quilo.

As denúncias chamaram a atenção do Ipem-PE. “Tivemos, de uma vez só, em uma semana, três queixas de prática irregular em estabelecimentos de um mesmo bairro da capital. Isso representa um aumento de 300% das denúncias desse tipo, em relação ao mês anterior. Como isso não ocorreu anteriormente, identificamos a necessidade de fazer o alerta aos consumidores”, afirmou Daniele Cavalcanti, da ouvidoria do órgão.

Diante das queixas, o Ipem-PE enviou notificação para as padarias. Os estabelecimentos têm 10 dias para responde e apresentar a justificativa. Caso o descumprimento da norma permaneça, os fabricantes do pão estão sujeitos a multas que vão de R$ 1 a R$ 100 mil.

A norma do Inmetro afirma que os estabelecimentos devem ter placa com o preço do quilo do pão e balança com divisão de cinco gramas, além de mostrador de peso e preço. O equipamento também deverá ter a certificação do Inmetro, ficando em local de fácil identintificação pelo consumidor. A portaria tem como objetivo impedir que estabelecimentos reduzam o tamanho do pão para forçar o consumidor a comprar uma maior quantidade do produto.

Continue Reading
Publicidade
Clique para comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Copyright © 2013 - 2021 PortalPE10 | O Portal que faz a Diferença.